NOTÍCIAS

5 dicas para manutenção eficaz em mineradoras

3 de dezembro de 2018

Manter o maquinário em bom estado de funcionamento é um dos maiores desafios das mineradoras. Instalados em ambientes extremos e hostis, os equipamentos e máquinas para mineração são expostos a tamanho estresse e tensão que apresentam um índice de falhas e quebras acima do esperado.

A fabricante de especialidades químicas Quimatic Tapmatic compartilha 5 dicas para ajudar mineradoras a montar um plano de manutenção eficaz e ao mesmo tempo de custo mais acessível. As sugestões são baseadas em décadas de atendimento em campo a companhias do setor de mineração, principalmente no fornecimento de resinas para manutenção preventiva e corretiva de máquinas e equipamentos.

“Um bom plano de manutenção industrial combate uma série de problemas que costumam puxar para baixo a produção das minas, entre eles o alto número de equipamentos obsoletos e os prejuízos com o excesso de paradas e ocorrências de acidentes de trabalho”, destaca Jonas Guimarães, gerente técnico da Quimatic Tapmatic.

Veja as dicas:

1 – Comece com uma varredura completa pela mina

A manutenção dos equipamentos para mineração costuma comprometer boa parte do orçamento operacional das minas, algo entre 35% e 50%. Para não ter prejuízos, as mineradoras devem elaborar um levantamento preciso das condições dos equipamentos de mineração usados em toda a mina. Com uma visão geral das instalações, fica mais fácil definir a prioridade de ações e os investimentos no maquinário.

2 – Evite a compra prematura de equipamentos novos

Equipamentos novos custam caro e só devem ser adquiridos quando são realmente necessários. Muitas vezes, uma criteriosa avaliação técnica do equipamento já em uso revela que o mesmo pode ser reparado e continuar com boas condições de trabalho, ou seja, sem oferecer riscos para qualidade ou segurança da mineradora. Ao investir em manutenção, ao invés de substituir o equipamento prematuramente, a economia pode chegar a 80%.

Além do preço do equipamento novo, outras variáveis também devem entrar na conta: qual será o tempo de espera pelo novo equipamento (e o respectivo intervalo na produção)? Quais os custos de desmontagem da máquina antiga e de montagem da nova? E o transporte, ficará muito oneroso, com a necessidade de uso de guindastes e caminhões de grande porte?

“Com bastante frequência, o conserto de máquinas poupa a mineradora de longas paradas, é feito no próprio local onde o equipamento se encontra, e tem boas garantias oferecidas pelo prestador de serviço ou fornecedor do produto utilizado no reparo”, enfatiza o gerente técnico da Quimatic Tapmatic.

3 – Defina o plano de manutenção

O planejamento e controle de manutenção na mineradora irá alcançar resultados mais ou menos eficazes dependendo da forma como é realizado. Existem basicamente 3 formas de manutenção: preditiva, preventiva e corretiva.

A manutenção preditiva consiste no monitoramento periódico das máquinas, frota e demais equipamentos. É o plano de manutenção mais eficaz, pois permite identificar com antecedência a necessidade de reparo ou substituição de peças, evitando trocas ou descartes prematuros, ao mesmo tempo em que é possível planejar a melhor hora para os reparos.

Outra forma de manutenção é a preventiva, na qual se obedece o tempo de troca de peças e os reparos sugeridos pelos fabricantes das máquinas, visando evitar as falhas e quebras de componentes de máquinas e equipamentos. Apesar de eficaz, o método tem uma limitação: o prazo previsto para a troca de peças pode não corresponder ao estado real do equipamento – levando a intervenções prematuras ou tardias que causam prejuízo para as mineradoras.

Por fim, a manutenção corretiva é a que todos querem evitar, pois é a pior e mais cara forma de manutenção, já que acontece quando o equipamento quebra e a mineradora terá de parar sua produção pelo tempo necessário para conserto ou troca da máquina.

Para alcançar os melhores resultados, a mineradora deve contar com um bom plano de manutenção para se antecipar aos problemas.

4 – Foque na segurança dos trabalhadores

O plano de manutenção deve ser minucioso para garantir a segurança na mineração. Infelizmente por falhas nas máquinas ou desatenção, as lesões e fatalidades entre os trabalhadores de minas continuam gerando preocupação. Segundo a Fundacentro, órgão do Ministério do Trabalho, entre 2002 e 2012 cerca de 50 mil mineradores no Brasil sofreram acidentes durante suas atividades.

Para trabalhar com segurança, as minas precisam manter os equipamentos em boas condições de uso, utilizar o maquinário na intensidade correta; e fazer com que os funcionários utilizem os EPIs necessários em cada operação.

5 – Escolha com cuidado os fornecedores

Da mesma que se costuma pesquisar o histórico de fabricantes de equipamentos para mineração na hora da compra de máquinas, é preciso bastante atenção ao escolher prestadores de serviço e de produtos para manutenção.

O ideal são fabricantes de renome e reconhecidos por oferecerem ao mercado produtos seguros e duráveis Na maioria dos casos, a escolha por empresas nacionais irá facilitar a visitação técnica, tornar mais fácil conferir a procedência do produto e deixar a mineradora menos vulnerável às variações de preço devido ao câmbio.

Também é importante exigir do fornecedor laudos que comprovem a eficácia de seus produtos, treinamento para aplicação das soluções, além de agilidade no suporte em casos emergenciais.

Conclusão

Com a escolha correta do plano de manutenção e dos parceiros comerciais, as mineradoras irão garantir maior qualidade em seus produtos, maior produtividade e melhor posicionamento competitivo no mercado.

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Centro de Operações Integradas completa um ano de funcionamento

24 de setembro de 2018

A integração da cadeia de valor de Ferrosos, por meio do Centro de Operações Integradas (COI), é uma realidade na…

LEIA MAIS

Brasil terá 1º hub de inovação para a indústria mineral

19 de novembro de 2018

Inédita no setor em nível global, iniciativa de mineradoras brasileiras em parceria com a WeWork pretende impactar positivamente a competitividade…

LEIA MAIS

Redes e Imerys capacitam fornecedores em projetos sociais

8 de outubro de 2018

Com o objetivo de fomentar a capacitação de fornecedores locais, as indústrias paraenses têm buscado, cada vez mais, a parceria…

LEIA MAIS