NOTÍCIAS

Alcoa incentiva vivência empresarial entre estudantes jurutienses

2 de outubro de 2017

Em sua 5ª edição, o Programa Miniempresa oferece aos estudantes uma vivência prática na cultura empresarial com os desafios de gerenciar um negócio

Enquanto um grupo pensa na estratégia de venda e crescimento da empresa, outro atua na administração, fabricação e venda dos produtos. Essa é a rotina dos jovens empreendedores do Programa Miniempresa, em Juruti, Oeste do Pará.  O grupo de estudantes iniciou as atividades este mês, com jornadas que serão concluídas no final do ano. O programa é voltado para estudantes que cursam o Ensino Médio em escolas públicas de Juruti e faz parte das ações de responsabilidade social da Alcoa, que possui atividades de mineração no município.

“A Alcoa investe em projetos que trazem reflexo positivo para a comunidade. Na prática, a Miniempresa oferece uma noção exata do que é uma organização empresarial, preparando os jovens para os desafios do mercado de trabalho e estimulando o empreendedorismo”, comenta Rogerio Ribas, gerente de Recursos Humanos e Assuntos institucionais da Alcoa Juruti.

A vivência prática do negócio gira em torno da fabricação de cabides de alumínio com 22 estudantes das escolas estaduais Emanuel Salgado Vieira e Raimundo de Souza Coelho, que durante 15 semanas assumem desafios profissionais na operação de uma mini-fábrica. A equipe elege presidente e diretores para as áreas de Recursos Humanos, Produção, Finanças e Marketing; produzem e vendem, buscando o máximo de produtividade e rentabilidade; pagam salários e recolhem encargos e impostos que serão doados a instituições assistenciais.

Os jovens mergulham numa experiência empresarial, aprendendo a organizar e administrar um negócio com o apoio de funcionários da Alcoa que são os conselheiros voluntários. “Minha expectativa é somar tudo isso as minhas decisões futuras. Quem sabe não sigo uma carreira empresarial”, declara a estudante Eva Layane Canto Sena, 16 anos. Para Breno Bentes, 15 anos, que já decidiu cursar Mecatrônica no futuro, a experiência auxiliará seu foco. “Quero entender o funcionamento empresarial e descobrir maneiras de manter um negócio”, afirma o estudante.

De acordo com Márcio Aquino, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Juruti (ACEJ), o programa desperta o espírito empreendedor dos jovens. “O rumo profissional dos estudantes, quando bem orientados, também traz desenvolvimento para a região”, relata. O programa utiliza a metodologia da Junior Achievement, sendo realizado com investimentos do Instituto Alcoa com a parceria de empresas locais.

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



IBRAM promove encontro em Belém para divulgar EXPOSIBRAM 2020

18 de fevereiro de 2020

O diretor de Comunicação do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Paulo Henrique Soares, esteve nesta segunda-feira (17/2) em Belém (PA)…

LEIA MAIS

Instituto Tecnológico Vale abre inscrições para nova turma de Mestrado

22 de outubro de 2018

Instituto Tecnológico Vale (ITV), em Minas Gerais, acaba de abrir as inscrições para o processo seletivo 2019 do Mestrado Profissional…

LEIA MAIS

5 dicas para manutenção eficaz em mineradoras

3 de dezembro de 2018

Manter o maquinário em bom estado de funcionamento é um dos maiores desafios das mineradoras. Instalados em ambientes extremos e…

LEIA MAIS