NOTÍCIAS

Alta do investimento no último trimestre sinaliza retomada, diz IBGE

1 de março de 2013

rnO crescimento do investimento no período de outubro a dezembro, após três trimestres em queda, e o avanço das exportações e importações sinalizam uma possível retomada da atividade econ&

rn

O crescimento do investimento no período de outubro a dezembro, após três trimestres em queda, e o avanço das exportações e importações sinalizam uma possível retomada da atividade econômica, segundo o IBGE.

rn

Roberto Olinto, coordenador de Contas Nacionais, afirma que esses indicadores “podem ser um sinal de uma retomada e de uma inversão do movimento econômico”, a se confirmar com as taxas deste primeiro trimestre.

rn

PIB tem crescimento fraco de 0,9% e soma R$ 4,4 tri em 2012 Entenda o que é o PIB e como é feito o seu cálculo Veja como interpretar o desempenho do PIB para direcionar suas aplicações
Variação do PIB brasileiro fica abaixo de México, Rússia e EUA; veja outros países

rn

Principal fator de contenção do PIB do lado da demanda, os investimentos caíram 2,2%, 0,9% e 1,9%, respectivamente, nos três primeiros trimestres do ano passado. Já no último trimestre o crescimento de 0,5% indica uma melhora do cenário externo e da retomada da confiança de investidores e empresários.

rn

Nesta sexta-feira, o IBGE divulgou que o PIB (Produto Interno Bruto) do país cresceu apenas 0,9% em 2012.

rn

Em tempos de crise, o investimento é o primeiro componente do PIB a sentir o baque. É que num ambiente de incerteza e de perspectiva de consumo menor empresários adiam decisões de construir fábricas, comprar máquinas, lançar empreendimentos imobiliários, entre outros.

rn

Apesar da discreta reação no final do ano, a taxa de investimento (total investido na economia, em valores, como proporção do PIB) fechou 2012 em 18,1%, repetindo a mesma marca de 2009, ano da crise global. Em 2011, a taxa havia sido de 19,3%.

rn

Economistas dizem que para o país manter um crescimento econômico sustentado ao longo dos anos na faixa de 4% a 4,5% ao ano, sem pressões inflacionárias (já que é preciso investir para ampliar a oferta de produtos e evitar aumento de preços), seria necessário uma taxa de investimento entre 22% a 23% do PIB.

rn

Já a taxa de poupança caiu de 17,2% do PIB em 2011 para 14,8% em 2012. O indicador mede tudo o que é poupado por famílias, governos e empresas, em valores, como proporção do PIB.

rn

INDÚSTRIA

rn

Do lado da produção, é a indústria a sofrer mais com a crise, especialmente quando ela se dá em nível global, já que o setor está integrado ao mundo, vendendo seu produtos e comprando matérias-primas e componentes.

rn

Desse modo, o PIB industrial caiu 0,8% no ano, sendo o principal impacto negativo. Do terceiro para o quarto trimestre, porém, houve crescimento de 0,4%, também num primeiro sinal de melhora.

rn

Na comparação com o quarto trimestre de 2011, no entanto, a indústria cresceu apenas 0,1%, puxada especialmente pela maior produção e distribuição de energia elétrica, água e gás. Houve queda na construção civil (0,2%), na indústria de transformação (0,5%) e na extrativa mineral (1,9%) –nesse último caso em decorrência da menor produção de petróleo.

rn

Em 2012, as quedas da indústria de transformação (-2,5%) e da extrativa mineral (-1,1%) ditaram a tendência de retração do PIB industrial. Já a energia, gás e água subiram 3,6%. A construção civil avançou 1,4%. No ano passado, a produção de petróleo, principal produto da indústria extrativa, recuou 2%.

rn

Segundo Olinto, o aumento da renda real da população e dos programas de construção habitacional impulsionaram a construção.

rn

 

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Folha S. Paulo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



5 dicas para manutenção eficaz em mineradoras

3 de dezembro de 2018

Manter o maquinário em bom estado de funcionamento é um dos maiores desafios das mineradoras. Instalados em ambientes extremos e…

LEIA MAIS

MCTIC lança consulta pública sobre Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para Minerais Estratégicos

1 de outubro de 2018

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançou na última quinta-feira (27) consulta pública sobre o Plano de…

LEIA MAIS

Mineração Usiminas adota nova tecnologia para dispor rejeitos

26 de junho de 2018

A Mineração Usiminas (Musa) protocolou na Superintendência Regional de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Supram) o pedido de licenciamento ambiental…

LEIA MAIS