NOTÍCIAS

ArcelorMittal vê Estados Unidos puxando recuperação por aço

11 de maio de 2012

rnA ArcelorMittal, maior fabricante mundial de aço, estima lucro maior para o segundo trimestre com as fortes vendas nos Estados Unidos compensando a fraca demanda na Europa.rn rnA companhia baseada em Luxemburgo disse que a demanda por a

rn

A ArcelorMittal, maior fabricante mundial de aço, estima lucro maior para o segundo trimestre com as fortes vendas nos Estados Unidos compensando a fraca demanda na Europa.

rn

 

rn

A companhia baseada em Luxemburgo disse que a demanda por aço por fabricantes norte-americanos de veículos, eletrodomésticos e de equipamentos pesados de construção -como tratores e escavadeiras- aumentaram nos primeiros três meses do ano. A Europa, ao contrário, continuou a ser uma preocupação.

rn

 

rn

A ArcelorMittal vê o consumo de aço na América do Norte crescendo entre 6,5 e 7 por cento neste ano, contra um declínio de 1 a 2 por cento na Europa -onde sete de seus 25 alto-fornos estão inativos- onde alguns países voltaram à recessão.

rn

 

rn

“Mas neste momento não estamos vendo um ambiente geral de crise ocorrendo. Os riscos estão reduzidos em comparação com novembro”, disse o vice-presidente financeiro da siderúrgica, Aditya Mittal, ema teleconferência nesta quinta-feira.

rn

 

rn

A companhia estima que o consumo global de aço cresça entre 4 e 4,5 por cento neste ano, depois do aumento de 6,3 por cento em 2011.

rn

 

rn

As estimativas da ArcelorMittal espelham as projeções dos principais fabricantes de aço.

rn

 

rn

A Posco e a Nippon Steel ambas estimaram melhores mercados globais e asiáticos, embora a última tenha alertado para um recorde de produção na China, responsável por metade da produção mundial, e um possível aperto na oferta de carvão.

rn

 

rn

No primeiro trimestre, a ArcelorMittal teve lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação de 1,97 bilhão de dólares, contra estimativa média de analistas de 1,71 bilhão de dólares, segundo pesquisa Reuters. O resultado foi impulsionado por um ganho extraordinário de 241 milhões de dólares por mudanças nos benefícios de trabalhadores na unidade canadense Dofasco.

rn

 

rn

O Ebitda foi 15 por cento acima do registrado no trimestre anterior, mas 24 por cento menor que o de um ano antes.

rn

 

rn

A ArcelorMittal está expandindo sua presença na mineração, notadamente em minério de ferro. Sua expectativa é elevar a produção de minério e carvão em 10 por cento neste ano.

rn

 

Fonte: Estado de S. Paulo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Instituto Tecnológico Vale abre inscrições para nova turma de Mestrado

22 de outubro de 2018

Instituto Tecnológico Vale (ITV), em Minas Gerais, acaba de abrir as inscrições para o processo seletivo 2019 do Mestrado Profissional…

LEIA MAIS

MCTIC lança consulta pública sobre Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para Minerais Estratégicos

1 de outubro de 2018

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançou na última quinta-feira (27) consulta pública sobre o Plano de…

LEIA MAIS

AngloGold Ashanti realiza simulado de emergência de barragem na comunidade de Barra Feliz

19 de novembro de 2018

Terceiro evento em Santa Bárbara mobiliza moradores. Mais de 240 se envolveram na ação, 60% do público-alvo. Próximo treinamento ocorrerá…

LEIA MAIS