NOTÍCIAS

BNDES libera primeira parcela dos R$ 22,5 bilhões aprovados para Belo Monte

2 de janeiro de 2013

rnA Norte Energia, sociedade de propósito específico (SPE), informou em comunicado que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberou na semana passada, a primeira parcela, de R$ 5,2 bilhões, do empr

rn

A Norte Energia, sociedade de propósito específico (SPE), informou em comunicado que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberou na semana passada, a primeira parcela, de R$ 5,2 bilhões, do empréstimo total de R$ 22,5 bilhões concedido para a construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte, no rio Xingu (PA). A SPE é composta por Eletrobras, Chesf, Eletronorte, Petros, Funcef, grupo Neoenergia, Cemig, Light, J. Malucelli Energia,Vale e Sinobras.

rn

Segundo a Norte Energia, o valor referente a repasse direto do BNDES, R$ 3,1 bilhões, foi depositado na tarde do último dia 28/12. O restante dos recursos, de repasse indireto, serão depositados em 2 de janeiro pelos agentes financeiros repassadores Caixa Econômica Federal (R$ 1,6 bilhões) e banco BTG Pactual (R$ 464 milhões).

rn

Em seu informe, a SPE lembrou que o investimento total em Belo Monte está estimado em R$ 28,9 bilhões. Além do empréstimo do BNDES, os acionistas da Norte Energia já desembolsaram em recursos próprios, aproximadamente, R$ 2,8 bilhões dos R$ 6 bilhões previstos, informou SPE.

rn

Para completar o investimento total necessário à implantação da Usina Belo Monte, está prevista a captação de R$ 500 milhões em debêntures de infraestrutura, recordou a Norte Energia. A sociedade informou ainda, em seu comunicado, que Belo Monte já recebeu a autorização necessária do Ministério de Minas e Energia para a emissão das debêntures de infraestrutura. A emissão está prevista para 2015, informou a SPE.

rn

 

Fonte: Guia Oil & Gas Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS

Venda interna de aço cresce 2,3% em 2017

23 de janeiro de 2018

As vendas internas cresceram 2,3% em 2017 e atingiram 16,9 milhões de toneladas, de acordo com dados do Instituto Aço…

LEIA MAIS

Projeto de terras-raras vai produzir 5 mil toneladas por ano em Goiás

13 de novembro de 2017

A Mineração Serra Verde (MSV) trabalha para produzir anualmente 5 mil toneladas de concentrado de terras-raras no projeto que possui…

LEIA MAIS