NOTÍCIAS

Brasil pode se beneficiar com a restrição à exportação de minérios na Indonésia

14 de junho de 2012

A decisão da Indonésia de limitar suas exportações de minerais em estado bruto a partir de maio de 2012 deve impactar diretamente o mercado mundial de níquel. A China deverá ser a mais afetada pela medida, j&

A decisão da Indonésia de limitar suas exportações de minerais em estado bruto a partir de maio de 2012 deve impactar diretamente o mercado mundial de níquel. A China deverá ser a mais afetada pela medida, já que a Indonésia fornece mais da metade do volume de níquel bruto importado anualmente pelo país, correspondendo a 43% do consumo mundial, em dados de 2011. Com as restrições, a China terá de buscar o insumo de outros fornecedores, o que, segundo cenário elaborado pela Tendências Consultoria, poderá ser benéfico para o Brasil, especialmente no mercado global de níquel bruto. Apesar das exportações brasileiras estarem concentradas no produto refinado, as vendas externas do minério bruto tem aumentado desde 2011 e deverão ter impacto positivo nos próximos meses. O mesmo acontece com o produto refinado, já que as plantas de refino na Ásia que dependiam do produto importado na forma bruta ficarão desabastecidas ou com custos menos competitivos.

 

Fonte: Minérios e Minerales

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



ArcelorMittal Tubarão lança projeto para dessalinizar água do mar

21 de janeiro de 2019

O projeto demandará investimentos em torno de R$ 50 milhões, gerará cerca de 220 vagas de emprego (no pico da…

LEIA MAIS

Belo Horizonte receberá seminário sobre Barragens de Rejeitos

22 de outubro de 2018

As barragens de rejeito estarão em foco na segunda edição do Seminário UK-Brazil Mining Forum. O evento será realizado em Belo…

LEIA MAIS

BH recebe 2º edição do evento “Fornecedores de Tecnologias para gestão e manejo de rejeitos de mineração”

28 de outubro de 2019

Empresas brasileiras e também companhias com atuação internacional que atuam no desenvolvimento de soluções para a gestão e o manejo…

LEIA MAIS