NOTÍCIAS

Cazaquistão recebe este ano o World Mining Congress

16 de abril de 2018

Com uma gama diversificada de commodities minerais, o Cazaquistão é o maior produtor mundial de urânio, o segundo maior de cromita e se destaca também na produção de titânio, magnésio metálico, barita, bauxita, cádmio, cobre, gálio, enxofre e zinco. Por ter uma indústria mineral que responde por uma parcela significativa do Produto Interno Bruto (PIB) cazaquistanês, o País vai receber a 25ª edição do World Mining Congress (WMC). Considerado um dos maiores eventos da mineração mundial, o WMC será realizado em Astana, capital do  Cazaquistão, entre os dias 19 a 22 de junho de 2018.

O evento, que ocorre desde 1958, reunirá mais uma vez uma área de exposição, um espaço para apresentação de trabalhos técnicos e o congresso. A integração de altos executivos, profissionais da mineração e acadêmicos, bem como de importantes investidores mundiais significará uma ampla troca de informações sobre o setor mineral de todo o mundo.

Realizado a cada três anos, sob a liderança de um secretariado com status de associado à Organização das Nações Unidas  e localizado no Central Mining Institute, na cidade de Katowice, Polônia, o WMC tem a finalidade de promover e apoiar, técnica e cientificamente, a cooperação para o progresso nacional e internacional nas áreas de mineração e o desenvolvimento de recursos minerais naturais, além de implantar uma rede mundial de intercâmbio de informações com relação à ciência mineral, tecnologia, economia, saúde e segurança nas operações de mineração e proteção ambiental.

24º edição do WMC

A última edição do evento ocorreu no Brasil e foi organizada pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM). Com o tema “Mineração no mundo em inovação”, o congresso debateu o panorama econômico e político do Brasil, a sustentabilidade, as boas práticas, as novas tecnologias e inovações e as mudanças no modelo de comunicação e de relacionamento do setor mineral com diversos públicos.

O evento, ocorrido em 2016 na cidade do Rio de Janeiro (RJ),  recebeu mais de mais de 200 trabalhos científicos de pesquisadores de cerca de 40 países nas áreas de Pesquisa Mineral, Mina a Céu Aberto, Mineração Subterrânea, Economia Mineral, Sustentabilidade na Mineração, Processamento Mineral, Automação e Robótica e Inovação em Mineração.

Serviço:

25ª edição do World Mining Congress
Local: Astana –  Cazaquistão
Data: 19 a 22 de junho de 2018
Mais informações: https://www.wmc2018.org/en/congress/about-congress

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Produção de minério de ferro da BHP cai 4% no trimestre

20 de outubro de 2017

Os números levam em consideração o minério de ferro produzido pela BHP e em parcerias em joint ventures

LEIA MAIS

Serabi aumenta reservas de ouro em 31%

12 de dezembro de 2017

A Serabi Gold disse ontem (11) que a nova estimativa de reservas minerais provadas e prováveis para as minas de…

LEIA MAIS

Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS