NOTÍCIAS

China vai investir US$ 2 bilhões em fundo de investimento do BID para América Latina

18 de março de 2013

rnA China vai investir 2 bilhões de dólares em projetos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o setor público e privado na América Latina e no Caribe, informou o banco de desenvolvimento neste sábado

rn

A China vai investir 2 bilhões de dólares em projetos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o setor público e privado na América Latina e no Caribe, informou o banco de desenvolvimento neste sábado.

rn

De acordo com um comunicado do BID à imprensa, a contribuição do Banco Popular da China será destinada a cofinanciar até 500 milhões de empréstimos ao setor público e até 1,5 bilhão de dólares em créditos ao setor privado, disponíveis ao longo dos próximos três a seis anos.

rn

O objetivo dos recursos é reduzir a pobreza e aumentar a competitividade.

rn

A China investiu na última década dezenas de bilhões de dólares na região, desde o México até a Argentina, na aquisição de ativos estratégicos ou de empresas em setores como petróleo, mineração e produtos alimentícios.

rn

Em março do ano passado, o banco chinês de exportação-importação e o BID anunciaram um fundo conjunto de 1 bilhão de dólares para investimentos do setor privado e público na América Latina, refletindo o interesse do país asiático em estreitar laços com instituições de prestígio na região.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Estadão

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



IBRAM realiza pesquisa sobre o que o público gostaria de ver na EXPOSIBRAM 2020

28 de outubro de 2019

O que você gostaria de sugerir para a próxima edição da  Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM)? Considerada a…

LEIA MAIS

Cazaquistão recebe este ano o World Mining Congress

16 de abril de 2018

Com uma gama diversificada de commodities minerais, o Cazaquistão é o maior produtor mundial de urânio, o segundo maior de cromita e…

LEIA MAIS

Produção da Vale bate recorde no trimestre

20 de outubro de 2017

O complexo atingiu recorde trimestral de 45 Mt no terceiro trimestre, ao produzir 8,5% a mais do que no segundo trimestre.

LEIA MAIS