NOTÍCIAS

CNI leva a ministro reivindicações para setores de energia e mineração

19 de abril de 2012

rnO presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, se reuniu na tarde desta quarta-feira com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, para discutir as reivindicações do setor prod

rn

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, se reuniu na tarde desta quarta-feira com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, para discutir as reivindicações do setor produtivo nos segmentos de energia e mineração.

rn

Andrade afirmou que entre as principais questões que preocupam a indústria brasileira está o alto custo da energia elétrica. O tema foi tratado em reunião realizada pela manhã entre o presidente do Conselho de Administração do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau, e ministro Lobão.

rn

“O Brasil tem uma das energias mais caras do mundo. E esse é um fator preponderante no custo de produção nacional”, afirmou Andrade, ao chegar à sede do Ministério de Minas e Energia. Como solução, o representante da entidade considera que deve haver redução dos tributos estaduais e federais, além da redução do preço da energia no processo de renovação dos contratos do setor elétrico.

rn

O presidente da CNI afirmou que o encontro com o ministro também serviria para discutir a possibilidade de mudança do modelo de contratação de energia renovável.

rn

No setor de mineração, a discussão passará, segundo Andrade, pela reformulação do marco regulatório, que inclui a elevação das alíquotas de cobrança de royalty e alteração na forma de expedir licenças de exploração de novas áreas.

rn

rn

 

Fonte: Portos e Navios

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Produção da Vale bate recorde no trimestre

20 de outubro de 2017

O complexo atingiu recorde trimestral de 45 Mt no terceiro trimestre, ao produzir 8,5% a mais do que no segundo trimestre.

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

Serabi aumenta reservas de ouro em 31%

12 de dezembro de 2017

A Serabi Gold disse ontem (11) que a nova estimativa de reservas minerais provadas e prováveis para as minas de…

LEIA MAIS