NOTÍCIAS

CPRM promove 4º Seminário das Províncias Metalogenéticas Brasileiras- Província Aurífera Juruena -Teles Pires

10 de julho de 2018

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) promoverá nos dias 19 e 20 de julho, em Peixoto de Azevedo, Mato Grosso, o 4º seminário das Províncias Metalogenéticas Brasileiras – Província Aurífera Juruena – Teles Pires. Serão 19 palestras técnicas e uma saída de campo para conhecer testemunhos de sondagens de alguns projetos em execução por empresas de mineração. O município escolhido para receber o evento alcançou a produção de ouro de origem legal de 5,4 toneladas em 2016 (fonte STN), representando mais de 60% da produção de ouro de origem garimpeira do Estado de Mato Grosso.

O evento terá a presença de pelo menos 12 empresas de mineração que já atuam na região, além de universidades e consultores. Na oportunidade, serão apresentados os dados geológicos resultantes da investigação em andamento pela CPRM, que contribuirão para a reavaliação do potencial metalogenético da região. Serão apresentados os resultados da cartografia geológica de 9 mil km² no setor Nordeste do Mato Grosso em escala 1:100 000, 3 folhas em escala 1:50 000 da região de Aripuanã, além do mapa de integração geofísico-geológica de 16 folhas (1:100.000)

Com apoio da Cooperativa dos Garimpeiros do Vale do Rio Peixoto (Coogavepe) e da Companhia de Mineração do Estado de Mato Grosso (Metamat), o evento tem inscrições gratuitas e vai abordar questões da geologia regional, tectônica, mineralizações, processos e gênese dos depósitos de ouro e metais-base, seus avanços, desafios e sugestões de trabalhos futuros. Será realizado no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil localizado na rua Pedro Alvares Cabral, nº 58, Centro, Peixoto de Azevedo.

De acordo com o geólogo e superintendente da CPRM em Goiâmoa, Gilmar Rizzotto, a região norte de Mato Grosso foi e continua sendo importante produtora de Ouro e com perspectivas de início da produção de chumbo e zinco em Aripuanã. “A CPRM está apresentando produtos em uma região em que novas descobertas de alvos ricos em cobre e ouro elevaram o potencial mineral e a retomada de novos investimentos no setor mineral”, destacou.

A Província Aurífera Juruena – Teles Pires que engloba os estados do Mato Grosso, Amazonas e parte sul do Pará está inserida no contexto de dois compartilhamentos tectônicos: Província Rondônia-Juruena e Província Tapajós-Parima (Domínio Peixoto de Azevedo).

DATA: 19.07.2018 – QUINTA-FEIRA

8h30- Abertura do evento

Representantes da CPRM, METAMAT, COOGAVEPE

PROVÍNCIA RONDÔNIA-JURUENA

9h- Palestra:  A pesquisa geológica e os recursos minerais na CPRM: o papel do Estado no fomento à indústria mineral” – Marcelo Almeida – Chefe Departamento de Recursos Minerais –CPRM/RJ

9h30- Palestra: O Magmatismo Intraplaca Estateriano na Província Rondônia – Juruena – Gilmar José Rizzotto – CPRM (Sureg-GO)

10h- Palestra: O Potencial Mineral da Porção Leste da Província Aurífera Juruena-Teles Pires – Francisco Rios – CPRM (Sureg-GO)

10h30-  Coffe break

11h- Palestra: Geologia e Estilos de Mineralização no distrito de Apiacás- Província Aurífera Alta Floresta – Prof. Jayme Leite – UFMT

11h30- Palestra: Mineralizações magmáticas – hidrotermais de ouro e metais de base na região centro-norte da província Juruena – Teles Pires e implicações tectônicas – Marcelo Galé/USP

12h- Espaço para perguntas

12h ás 14h- Intervalo para almoço

14h- Palestra: Geologia do Grupo Roosevelt – Fernando Diener – CPRM (Sureg-GO)

14h30- Palestra: Análise estrutural nos arredores do Depósito do Expedito, Aripuanã-MT – Gil Barreto- CPRM (Sureg-GO)

15H- Palestra: Zona de Cisalhamento Canamã e o Lineamento Arinos-Aripuanã- Prof. Amarildo Ruiz – UFMT

15H30- Palestra: Aspectos geológicos e guias prospectivos do ouro Eldorado do Juma, SE do Amazonas – Luis Goulart- CPRM (Sureg-MA)

DOMÍNIO PEIXOTO DE AZEVÊDO (PROVÍNCIA TAPAJÓS-PARIMA)

16h- Palestra: Geologia e Evolução Crustal das Rochas do Domínio Peixoto de Azevedo, Sul do Cráton Amazônico – Cleber Alves – CPRM (Sureg-GO)

16h30- Coffee break

17h- Palestra: Controle estrutural dos depósitos de ouro do setor leste da Província Aurífera de Alta Floresta: sobreposição de processos – Maria José Mesquita (UNICAMP

17h30- Palestra: As venulações relacionadas aos processos de alteração hidrotermal do depósito de Ouro do Paraiba – Diogenes Vial – PA GOLD Mineração e Metalurgia Ltda

18h: Espaço para perguntas

 

DATA: 20.07.2018 – SEXTA-FEIRA

8h- Palestra: Vetorização mineral a partir de tecnologias espectrais: estudo de caso do depósito de Au-Cu Paraíba (MT) – Diego Fernando Ducart – UNICAMP

08h30- Palestra: Deposit models for gold and base metals in the Alta Floresta Belt: just keep na open mind! – Eugênio Espada- EEX GeoConsulting – Mineral Exploration Geology

9h- Palestra: “Novas entidades tectônicas e suas implicações: exemplos brasileiros de orógeno intracratônico e de metacráton” – João Orestes Santos- GeoAmazon PTY Ltda

9h30- Palestra: Geocronologia doe Arcabouço Geológico do Depósito de Ouro da Faz. Figueira Branca, Sudeste da PAAF  – Max Junior – UFMT

10h- Coffee break e sessão poster

10h30- Palestra: Sistemas auríferos magmático-hidrotermais paleoproterozoicos da Província de Alta Floresta: modelos descritivos e geocronologia em minerais hidrotermais”.Prof. Rafael Assis – USP

11h- Palestra: “Empecilhos” ao Desenvolvimento da Mineração na Província Aurífera de Alta Floresta – Francisco Pinho/GEOMIN

11h30- Palestra: Implementando sustentabilidade na mineração garimpeira e de pequena escala: o caso do distrito de ouro de Peixoto de Azevedo – Maria José Maluf de Mesquita – UNICAMP-Universidade CARDIFF

11h30- Palestra: Agência para o Desenvolvimento Tecnológico da Indústria Mineral Brasileira (ADIMB): perspectivas para o biênio 2018-2019 – Roberto Xavier-UNICAMP/ADIMB

12h- Espaço para perguntas

12h30 ás 14h- Intervalo para almoço

14h- Mesa Redonda

Mediadores:

Convidados:

Abertura: Palestra “Agência para o Desenvolvimento Tecnológico da Indústria Mineral Brasileira (ADIMB): perspectivas para o biênio 2018-2019” – Roberto Xavier-UNICAMP/ADIMB

16h- Coffee Break e sessão poster

16h30- Fechamento

19h- Solenidade de encerramento

 

DATA: 21.07.2018 – SÁBADO – VISITA DE CAMPO

Manhã- Visita a casa da PA Gold em Peixoto para visita aos testemunhos de sondagem de alguns projetos na região, com acompanhamento dos geólogos das empresas

-Filão do Paraiba (PA Gold)

-Filão da Porteira (Gaucinho e BNM)

-Filão do Ênio (União do Norte) (BNM e Mata Nativa)

-Alvo Pé Quente (Gabren)

Tarde- Visita técnica

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Comitiva Brasileira marcará presença na edição de 2019 do PDAC

19 de setembro de 2018

Considerado um dos mais tradicionais eventos de mineração mundial, o Prospectors and Developers Association of Canada será realizado em Toronto…

LEIA MAIS

Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS

Fabio Schvartsman participa de evento corporativo em São Paulo

16 de abril de 2018

O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, participou, no dia 10 de abril, do Itaú Macro Vision, evento voltado para o…

LEIA MAIS