NOTÍCIAS

Debate sobre abertura da mineração em terra Indígena reúne cerca de 200 pessoas em Espigão

29 de maio de 2012

rnO município de Espigão do Oeste recebeu na tarde de quinta-feira, 24, os membros da Comissão Especial que discute a elaboração de uma legislação que regulamente a mineração em terras in

rn

O município de Espigão do Oeste recebeu na tarde de quinta-feira, 24, os membros da Comissão Especial que discute a elaboração de uma legislação que regulamente a mineração em terras indígenas. O encontro reuniu cerca de 200 pessoas e aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores.

rn

 

rn

Além dos deputados federais Padre Ton (PT-RO), presidente da Comissão e Édio Lopes, (PMDB-RR), relator, e procurador federal Reginaldo Trindade, participaram ainda o prefeito de Espigão, Célio Renato (PMDB), vereadores, Ministério Público, Sedam, CPRM e lideranças de pelo menos 11 etnias indígenas do Estado que se manifestaram nos debates.

rn

 

rn

O objetivo do seminário foi ouvir a comunidade indígena de Rondônia acerca do Projeto de Lei (PL 1.610/96), que trata do tema.

rn

 

rn

O deputado Padre Ton formou a mesa de autoridades e, na fala inicial, destacou as atividades já realizadas pela Comissão. O relator da matéria, deputado Édio Lopes, ressaltou o trabalho expressivo do deputado Padre Ton na comissão do PL 1.610.

rn

 

rn

Segundo o relator, Padre Ton tem atuado com seriedade e compromisso nos interesses de defender os direitos do índio, bem como os povos representados nas demais comissões que o mesmo faz parte na Câmara. “O Padre Ton tem se esforçado para entregar aos povos indígenas uma legislação à altura de seus merecimentos”, definiu Édio Lopes.

rn

 

rn

O alto nível da discussão fez com que o debate entrasse pela noite e as lideranças e autoridades do poder público contribuíram para o fortalecimento do projeto através de seus depoimentos. Um dos pontos da discussão foi à participação dos povos da floresta e os interesses da comunidade expressados em cada pronunciamento.

rn

 

rn

Ao final do seminário, o deputado Padre Ton declarou sua satisfação pela grandeza do debate produzido no encontro. “Pude hoje ouvir muitas contribuições que certamente irão colaborar na elaboração do projeto. Tenho certeza que o relator, deputado Édio, irá aproveitar muito do que foi discutido com as lideranças indígenas aqui em Espigão, para produzir o seu relatório final”, disse Ton.

rn

 

rn

Amplamente defendido pelos lideres indígenas, a proposta de que a comissão possa voltar ao estado, quando de posse do esboço do relatório, para que os próprios índios possam avaliar a alterações necessárias, Padre Ton e Édio Lopes deram garantias de que novas audiências serão realizadas para que o relatório final reflita os anseios das comunidades.

rn

 

rn

Já na sexta-feira, 25, uma equipe liderada por Padre Ton realizou uma visita à aldeia Cinta Larga, na reserva Roosevelt, palco da morte de 27 garimpeiros em 2004. A reserva é riquíssima em diamantes, da melhor qualidade e a visita em deu em função da necessidade de se conhecer melhor a real situação vivida por aquela comunidade. No calendário de atividades da comissão consta uma vista à Austrália e seminários em outros estados brasileiros.

rn

 

Fonte: Rondonoticias

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



IBRAM realiza pesquisa sobre o que o público gostaria de ver na próxima edição da EXPOSIBRAM

29 de outubro de 2018

O que você gostaria de sugerir para a próxima edição da  Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM)? Considerada a principal vitrine…

LEIA MAIS

BH recebe 2º edição do evento “Fornecedores de Tecnologias para gestão e manejo de rejeitos de mineração”

28 de outubro de 2019

Empresas brasileiras e também companhias com atuação internacional que atuam no desenvolvimento de soluções para a gestão e o manejo…

LEIA MAIS

CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até esta sexta-feira

10 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS