NOTÍCIAS

Decreto extingue Reserva Nacional de Cobre

23 de agosto de 2017

A extinção da “não afasta a aplicação de legislação específica sobre proteção da vegetação nativa, unidades de conservação da natureza, terras indígenas e áreas em faixa de fronteira”

Foi publicado na edição de 22 de agosto de 2017 do Diário Oficial da União (DOU) o Decreto 9.142 que determina a extinção da Reserva Nacional de Cobre e seus associados, constituída pelo Decretos nº 89.404, de 24 de fevereiro de 1984, localizada nos Estados do Pará e do Amapá.
 
De acordo com proposta apresentada pelo Ministério de Minas e Energia em março, a extinção da reserva, criada por decreto do então presidente João Batista Figueiredo, é uma medida para viabilizar o potencial mineral da região e estimular o desenvolvimento econômico dos dois Estados. A área é considerada de grande potencial e pode ser revisitada utilizando-se técnicas modernas de pesquisa geológica.
 
De acordo com o decreto, a extinção da “não afasta a aplicação de legislação específica sobre proteção da vegetação nativa, unidades de conservação da natureza, terras indígenas e áreas em faixa de fronteira”.
 
Confira íntegra da publicação:
 
DECRETO No – 9.142, DE 22 DE AGOSTO DE 2017
 
Extingue a Reserva Nacional de Cobre e seus associados, constituída pelo Decreto nº 89.404, de 24 de fevereiro de 1984, localizada nos Estados do Pará e do Amapá.
 
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição,
 
DECRETA:
 
Art. 1º Fica extinta a Reserva Nacional de Cobre e seus associados, constituída pelo Decretos nº 89.404, de 24 de fevereiro de 1984, localizada nos Estados do Pará e do Amapá.
 
Art. 2º A extinção de que trata o art. 1º não afasta a aplicação de legislação específica sobre proteção da vegetação nativa, unidades de conservação da natureza, terras indígenas e áreas em faixa de fronteira.
 
Art. 3º Ficam revogados:
 
I – o Decreto nº 89.404, de 24 de fevereiro de 1984; e II – o Decreto nº 92.107, de 10 de dezembro de 1985.
 
Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
 
Brasília, 22 de agosto de 2017; 196º da Independência e 129º da República.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Votorantim Cimentos apoia projeto de resgate histórico-cultural em Corumbá (MS)

17 de dezembro de 2018

Projeto “Todo Lugar tem uma História para Contar”, do Museu da Pessoa, reuniu histórias de vida dos moradores que impulsionou…

LEIA MAIS

Guia de boas práticas aborda etapas de ciclo de vida de barragens e outras estruturas de disposição de rejeitos

8 de agosto de 2019

A minuta do ‘Guia de Boas Práticas de Gestão de Barragens e Estruturas de Disposição de Rejeitos’, que está em fase…

LEIA MAIS

Inscrições abertas para submissão de trabalhos na Minexcellence 2019

10 de setembro de 2018

O 4º Seminário Internacional de Excelência Operacional em Mineração (Minexcellence 2019) será realizado em Santiago, no Chile, entre os dias…

LEIA MAIS