NOTÍCIAS

DNPM lança novo sistema Copal

30 de julho de 2015

O Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) lançou, dia 14 de julho, o novo sistema de Controle da Pesquisa Paleontológica (Copal) para o uso de pesquisadores por meio do site do DNPM. O objetivo do Copal é f

O Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) lançou, dia 14 de julho, o novo sistema de Controle da Pesquisa Paleontológica (Copal) para o uso de pesquisadores por meio do site do DNPM. O objetivo do Copal é fornecer à comunidade científica um ambiente no qual poderão efetuar requerimentos de pesquisa paleontológica, conforme previsto na portaria DNPM nº 542/2014, que são: Comunicação de Extração de Espécimes Fósseis, Autorização para Extração de Espécimes Fósseis e Autorização para Salvamento Paleontológico. O novo sistema tem como público-alvo profissionais vinculados às instituições de ensino e pesquisa.

rn

O Diretor-Geral do DNPM, Celso Garcia, disse que o sistema é mais um passo na modernização tecnológica da autarquia. De acordo com Julio Cesar, Especialista em Recursos Minerais do DNPM, o novo sistema permitirá ao pesquisador fazer seu próprio cadastro, submetendo seu requerimento para apreciação da autarquia, que fará toda a análise da documentação online. “A autorização para pesquisa paleontológica seguirá também em formato online para o e-mail do requisitante, após aprovada, o que facilitará o relacionamento entre o público-alvo e o órgão”, explicou.

rn

O sistema estará disponível também no “Acesso a Sistemas” do site do DNPM. “Na tela inicial do sistema há ainda o link para baixar o manual de operação do sistema de forma a facilitar seu uso pelos pesquisadores interessados”, finalizou Julio Cesar. O Diretor de Fiscalização da autarquia, Walter Arcoverde, destacou que o Copal potencializará o diálogo constante entre pesquisadores e o DNPM na proteção do patrimônio fossilífero. “É um sistema desenvolvido pela CGTIG (Coordenação Geral de Tecnologia da Informação e Geoprocessamento) e DPDF (Divisão de Proteção de Depósitos Fossilíferos da DIFIS), com o objetivo de tornar mais ágil e eficaz o cumprimento da Portaria do Diretor-Geral nº 542, de 18 de dezembro de 2014, que, por sua vez, regulamenta o Decreto-Lei nº 4.146, de 04 de março de 1942”, frisou. Também participaram da apresentação do novo sistema o Diretor-geral do órgão, Celso Garcia; o coordenador-geral de Tecnologia da Informação e Geoprocessamento, Fábio Borges; o chefe da Divisão de Proteção de Depósitos Fossilíferos, Felipe Chaves; o coordenador de Extração Mineral, Ricardo Parahyba; o coordenador de Fiscalização do Aproveitamento Mineral, Roger Cabral; a geóloga Cristina Bicho, e a paleontóloga e Especialista em Recursos Minerais, Irma Tie Yamamoto.

rn

 

rn

 

 

Fonte: Brasil Mineral

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Brasil terá 1º hub de inovação para a indústria mineral

19 de novembro de 2018

Inédita no setor em nível global, iniciativa de mineradoras brasileiras em parceria com a WeWork pretende impactar positivamente a competitividade…

LEIA MAIS

Mining Hub recebe visita de produtores da indústria do açúcar

18 de fevereiro de 2020

O setor mineral brasileiro e suas inovações foram amplamente debatidos durante a manhã desta sexta-feira (14/2) no Mining Hub, único hub…

LEIA MAIS

Alcoa comemora 9 anos ajudando a transformar a vida das pessoas em Juruti

24 de setembro de 2018

Desde a chegada em Juruti, a empresa já investiu mais de R$ 9,5 milhões em iniciativas voluntárias em comunidades e…

LEIA MAIS