NOTÍCIAS

Economia colombiana está mais dependente de petróleo e mineração

5 de fevereiro de 2013

rnO Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou, nesta segunda-feira, 4, que a economia da Colômbia está se tornando cada vez mais dependente dos setores de petróleo e mineração, uma tendência

rn

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou, nesta segunda-feira, 4, que a economia da Colômbia está se tornando cada vez mais dependente dos setores de petróleo e mineração, uma tendência que representa um desafio para as autoridades locais. Segundo relatório do FMI, essa tendência está afetando as finanças públicas do país e o governo precisa adotar “medidas decisivas para dar impulso à competitividade, reduzir a elevada taxa de informalidade da economia, aumentar a poupança nacional e diversificar as exportações”.

No entanto, o FMI elogiou o governo do país andino por suas políticas econômicas, que têm como foco manter a inflação contida e também reduzir seu déficit fiscal relativamente baixo. Ao longo dos últimos anos, a economia colombiana mostrou ser resiliente aos choques financeiros externos.

rn

PIB
A expansão do Produto Interno Bruto (PIB) da Colômbia mostrou sinais de desaceleração no segundo semestre de 2012, enquanto importantes setores, como construção, apresentaram um desempenho desapontador. O relatório do FMI afirma que “o crescimento da produção deve convergir em direção à sua taxa potencial” de 4,5% em 2013.

rn

A inflação permanecerá contida em 2013, segundo o FMI. O órgão multilateral acrescentou que as expectativas de inflação para este ano estão “ancoradas no centro” da meta do Banco Central para 2013, que é uma banda entre 2% e 4%.

rn

As baixas leituras de inflação têm proporcionado bastante espaço pra o banco central reduzir sua taxa de juro benchmark, com objetivo de tentar estimular o crescimento econômico. Por outro lado, o governo não tem agido para aumentar os gastos públicos e acelerar a atividade econômica. O relatório do FMI aponta que uma posição de política “neutra” era apropriada para 2013.

rn

Se a economia começar a ter um desempenho abaixo da média, as autoridades locais terão “amplo espaço para fazer ajustes nas políticas”, diz o FMI.

rn

O Fundo também afirma que a taxa cambial para o peso, que acumulou uma valorização de quase 10% frente ao dólar, em 2012, está basicamente em linha com os fundamentos, como o forte aumento no investimento estrangeiro direto para a Colômbia.

rn

 

Fonte: Valor

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Juristas e empresários vão debater nova legislação do setor mineral

28 de outubro de 2019

A legislação da indústria da mineração, tanto a brasileira quanto a de outros países mineradores, será amplamente debatida durante a…

LEIA MAIS

IBRAM promove encontro em Belém para divulgar EXPOSIBRAM 2020

18 de fevereiro de 2020

O diretor de Comunicação do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Paulo Henrique Soares, esteve nesta segunda-feira (17/2) em Belém (PA)…

LEIA MAIS

Brasil inaugura 1º hub de inovação para a indústria mineral

21 de janeiro de 2019

Inovação na prática, ao vivo, voltada exclusivamente para a indústria da mineração. É o que os participantes do Hub da…

LEIA MAIS