NOTÍCIAS

Em Curionópolis, mineradora Vale entrega Casa do Mel e beneficia famílias em Serra Pelada

13 de junho de 2017

Projeto de apicultura gera renda e beneficia famílias em Serra Peladarn

A Associação de Apicultores e Meliponicultores de Serra Pelada (Apimesp) recebeu, esta semana, a Casa do Mel. O prédio, fruto de convênio com a Vale, será utilizado como espaço para beneficiamento e envasamento dos produtos da associação. No início deste ano, os associados receberam uma centrífuga, um decantador e 100 colmeias, que também contribuirão para o aumento da produção de mel.
 
O presidente da Apimesp, Roberto Carvalho dos Santos, recebe a casa do mel como a realização do um sonho. “Com a casa do mel e os equipamentos que recebemos, nós teremos maior produção e menor tempo de colheita de mel. E isso tudo vai ser muito positivo, contribuindo com a renda das famílias que estão participando do projeto”, destaca.
 
João Coral, gerente executivo de relacionamento com comunidades da Vale, ressaltou a importância desta iniciativa para a comunidade de Serra Pelada. “Aqui, vocês são os empreendedores. E vocês, que estão iniciando este trabalho, sejam perseverantes. A gente acredita muito nesse projeto e esperamos que ele não traga apenas renda, mas também educação para a comunidade”, destacou.
 
Para o diretor técnico da Vale, Paulo Horta, o projeto de apicultura é fruto do protagonismo da comunidade. “Este projeto é muito bonito. Aqui nós temos jovens e pessoas mais velhas, que não tinham uma fonte de renda, se unindo. E nós, a Vale, estamos contribuindo com o que é possível. Mas, o mais importante, é a vontade deles. Nós podemos contribuir e fornecer os meios para eles possam se desenvolver enquanto empreendedores, mas a vontade de seguir trabalhando é deles”, reforça.
 
Iniciado em 2015, o projeto de apicultura foi apontado, pela comunidade, como uma alternativa para a geração de renda em Serra Pelada. A Vale, em parceria com a Associação dos Apicultores e Meliponicultores de El Dourado do Carajás – Apimec, promoveu a capacitação dos apicultores e a produção das primeiras colmeias para a criação dos apiários. Atualmente, o projeto beneficia 30 famílias de Serra Pelada.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Simpósio Brasileiro do Diamante desperta interesse internacional

1 de outubro de 2018

O 7º Simpósio Brasileiro de Geologia do Diamante, acontecerá em Salvador, na Bahia, e está atraindo palestrantes e representantes de…

LEIA MAIS

Samarco: os três anos do rompimento de Fundão

5 de novembro de 2018

O rompimento da barragem de Fundão completa 3 anos. Uma realidade que faz parte da jornada da Samarco. O dia…

LEIA MAIS

Belo Horizonte é o terceiro mercado de coworking no Brasil

27 de novembro de 2018

Maior empresa do setor no mundo lança espaço de seis andares na cidade Terceiro maior mercado de coworkings do Brasil…

LEIA MAIS