NOTÍCIAS

Empresa do BH-Tec desenvolve tecnologia de resfriamento

22 de abril de 0214

A STA, empresa especializada em soluções para processos industriais, se reinventou para aproveitar oportunidades no mercado de carvão vegetal usado na siderurgia. Antes prestadora de serviços para variados segmentos, a STA

A STA, empresa especializada em soluções para processos industriais, se reinventou para aproveitar oportunidades no mercado de carvão vegetal usado na siderurgia. Antes prestadora de serviços para variados segmentos, a STA acaba de conseguir um financiamento do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) que viabilizará a oferta de uma nova tecnologia que promete reduzir em até 60% o tempo de resfriamento dos fornos, hoje um dos principais gargalos dos produtores de carvão.

rn

“Quando o ciclo de transformação da madeira em carvão se encerra, o forno está a 300 graus. O resfriamento para início de novo ciclo demora de 10 a 15 dias, o que exige um número grande de fornos. A tecnologia mais comum é jogar água do lado de fora, mas desenvolvemos uma forma de jogar água dentro do forno. Se fizer isso, em volume, local e momento correto, nossos testes mostram que dá certo”, diz Marcelo Mello, presidente da STA.

rn

BH-Tec

rn

Instalada no Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-Tec), a STA conseguiu financiamento de R$ 200 mil via Proptec, uma linha de crédito exclusiva do BDMG para empresas residentes em parques tecnológicos. “Quando decidimos deixar de prestar serviços para desenvolver tecnologia, ficou difícil conseguir recursos. Os investidores querem aportar recursos em tecnologias prontas, o que ainda não temos. Então apareceu a oportunidade do BDMG, que foi excelente. Temos possibilidade de novos financiamentos, se necessário.

rn

 

rn

 

 

Fonte: Hoje em Dia

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Centro de Tecnologia de Ferrosos da Vale completa 10 anos

15 de outubro de 2018

A Vale possui um dos mais avançados centros de pesquisas na aplicação de minério de ferro e carvão na siderurgia….

LEIA MAIS

Projeto de terras-raras vai produzir 5 mil toneladas por ano em Goiás

13 de novembro de 2017

A Mineração Serra Verde (MSV) trabalha para produzir anualmente 5 mil toneladas de concentrado de terras-raras no projeto que possui…

LEIA MAIS

Serabi aumenta reservas de ouro em 31%

12 de dezembro de 2017

A Serabi Gold disse ontem (11) que a nova estimativa de reservas minerais provadas e prováveis para as minas de…

LEIA MAIS