NOTÍCIAS

EXPOSIBRAM deve gerar cerca de R$ 500 milhões em negócios

24 de agosto de 2015

Fernando Coura: “Evento chega para alavancar ainda mais o setor”. Porém, o mercado já está com tudo pronto para virar a página e alavancar, exemplo disso, são as novidades da 16ª ediçã

Fernando Coura: “Evento chega para alavancar ainda mais o setor”. Porém, o mercado já está com tudo pronto para virar a página e alavancar, exemplo disso, são as novidades da 16ª edição da EXPOSIBRAM, que acontece no Expominas de 14 a 17 de setembro. O lançamento da feira ocorreu no dia 17 de agosto no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e contou com a participação do presidente doInstituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), José Coura, o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., além de representantes das entidades.

rn

Durante o evento marcado para setembro, acontecerá também o 16º Congresso Brasileiro de Mineração, que este ano tem como tema a Mineração no Mundo da Inovação, contando com palestrantes e CEO´s de 26 países e o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, tratando temas relevantes sobre o mercado. A expectativa da organização da feira é gerar R$ 500 milhões em negócios.

rn

Em entrevista ao Edição do Brasil, o presidente do IBRAM, disse que independente do atual momento econômico e político, é hora da mineração alavancar a economia. “A situação atual é complicada, mas tudo isso é passageiro, estamos focados em apresentar inovações. O ministro da Suécia esteve aqui e disse que o Brasil é extremamente produtivo, ou seja, ele confia no país. Por que não vamos acreditar? A mineração emprega cerca de 2 milhões de pessoas e a EXPOSIBRAM chega para alavancar ainda mais o setor, tanto que investimos R$ 25 milhões no evento. Somos responsáveis por uma cadeia produtiva. Vamos inovar na produção, na competitividade, na gestão do relacionamento com as comunidades e na segurança jurídica. Tenho a convicção que com todo esse trabalho o ciclo mineral retomará em breve o crescimento que todos esperamos”, completa.

rn

Segundo Coura, está confirmada a presença de diversos expositores. “Teremos cerca de 400 expositores de 26 países e esperamos cerca de 50 mil pessoas. Escolhemos Belo Horizonte como sede porque está próxima a municípios como Ouro Preto, Nova Lima, Rio Acima e outros. Para quem vem de fora, planejamos colocar uma placa no aeroporto de Confins dizendo que ele está chegando à cidade da mineração, que é um ponto forte da economia estadual”, relata.

rn

Para o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., a EXPOSIBRAM e o congresso vão ser os eventos mais importantes do estado. “Será um dos maiores realizados no Expominas. A ideia é colocar Belo Horizonte no topo e fazer com que nossa economia cresça. Apesar da crise, tem muita coisa boa acontecendo, temos que trabalhar. Nós, da indústria, e os políticos precisamos entender que o país pode ser diferente. Hoje, somos a 7ª economia do mundo e podemos reverter o quadro atual sendo ainda mais competitivos”, sinaliza.

rn

 

rn

 

 

Fonte: Jornal Edição do Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Entidades buscam resolução para demanda represada no embarque de rochas ornamentais

5 de novembro de 2018

Com apoio do Governo do Espírito Santo, Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcário do Estado do Espírito…

LEIA MAIS

Inscrições abertas para o Simpósio do Ouro e Metais Nobres em Minas Gerais

8 de outubro de 2018

studos do Conselho Mundial do Ouro (World Gold Council – WGC) apontam que a expansão da classe média na China…

LEIA MAIS

Votorantim Cimentos apoia projeto de resgate histórico-cultural em Corumbá (MS)

17 de dezembro de 2018

Projeto “Todo Lugar tem uma História para Contar”, do Museu da Pessoa, reuniu histórias de vida dos moradores que impulsionou…

LEIA MAIS