NOTÍCIAS

Ferrous mantém plano de expansão

29 de janeiro de 2013

rnInversões de R$ 41 mi neste ano.rnA Ferrous Resources do Brasil fechou o ano passado com uma produção de 3,2 milhões de toneladas de minério de ferro, um resultado acima da meta prevista pela mineradora para

rn

Inversões de R$ 41 mi neste ano.

rn

A Ferrous Resources do Brasil fechou o ano passado com uma produção de 3,2 milhões de toneladas de minério de ferro, um resultado acima da meta prevista pela mineradora para o exercício, que inicialmente era de 3 milhões de toneladas. Em relação a 2011, foi registrado crescimento de 77%, já que naquele ano foram produzidas 1,8 milhão de toneladas da commodity nas minas de Esperança (Brumadinho), Santanense (Itatiaiuçu) e Viga (Congonhas), tendo esta última completado um ano de operações em novembro.

rn

De acordo com informações da assessoria de comunicação da Ferrous, para 2013 a expectativa da companhia é produzir 5 milhões de toneladas de minério de ferro. Toda a produção da mineradora é escoada pela malha ferroviária da MRS Logística, com sede em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

rn

No ano passado, a Ferrous contratou 491 trabalhadores. Hoje, a empresa possui um efetivo de 913 pessoas, mas segundo informações anteriores há previsão de novas contratações, o que fará a companhia atingir um total de 1,3 mil empregados diretos neste ano.

rn

Em relação aos investimentos, a Ferrous anunciou aportes de cerca de R$ 41 milhões para 2013, que serão destinados à instalação de separadores magnéticos e para ampliação da capacidade da mina Viga para 4 milhões de toneladas por ano.

rn

No final do ano passado, a mineradora obteve Licença Prévia (LP) e Licença de Instalação (LI) para ampliação de Viga. A partir de 2016, a unidade terá capacidade de produzir 15 milhões de toneladas, e a Ferrous atingirá produção total de cerca de 17 milhões de toneladas (somando-se as unidades de Esperança e Santanense).

rn

Fornecedora – Conforme a assessoria, “com essa ampliação a empresa será uma das principais fornecedoras de minério de ferro do Brasil”. Além disso, até lá, a Ferrous poderá também se beneficiar de empreendimentos logísticos como mineroduto e porto próprios, cujos processos de licenciamento estão em andamento junto ao Ibama para obtenção da licença de instalação.

rn

A empresa informou, ainda, que continuará implementando seu plano de negócios, “que consiste no desenvolvimento orgânico e gradativo das unidades já em operação, de forma que a companhia possa crescer e seu resultado contribuir para a alavancagem dos demais projetos que estão em estudo, como é o caso dos projetos logísticos”.

rn

A mineradora, com cinco ativos minerários no Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais, e um na Bahia, já informou que vai investir US$ 1,2 bilhão para alcançar, até o começo de 2017, a produção de 17 milhões de toneladas. E, para isso, ainda não descartou a entrada de um parceiro estratégico e nem a abertura de capital.

rn

No entanto, a empresa alega que, no momento adequado, considerando suas condições e também as do mercado, avaliará como irá alavancar a outra parte dos recursos que não forem levantados com o resultado das operações e vendas. Segundo a Ferrous, por não possuir dívidas e contar com um caixa robusto, mantém posição extremamente confortável no mercado financeiro.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Diário do Comércio

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Simpósio Brasileiro do Diamante desperta interesse internacional

1 de outubro de 2018

O 7º Simpósio Brasileiro de Geologia do Diamante, acontecerá em Salvador, na Bahia, e está atraindo palestrantes e representantes de…

LEIA MAIS

Centro de Tecnologia de Ferrosos da Vale completa 10 anos

15 de outubro de 2018

A Vale possui um dos mais avançados centros de pesquisas na aplicação de minério de ferro e carvão na siderurgia….

LEIA MAIS

Sindirochas e Abirochas juntos no MME para discutir a CFEM

3 de dezembro de 2018

Os presidentes do Sindirochas, Tales Machado, e Abirochas, Reinaldo Sampaio, se reuniram com a Secretária de Geologia e Mineração e…

LEIA MAIS