NOTÍCIAS

Gerdau acelera investimentos em minério de ferro e carvão

2 de maio de 2012

rnO grupo Gerdau reforçou no seu balanço publicado no início da noite dessa quarta-feira que vai elevar investimentos nas operações de produção de matérias-primas do aço, com destaqu

rn

O grupo Gerdau reforçou no seu balanço publicado no início da noite dessa quarta-feira que vai elevar investimentos nas operações de produção de matérias-primas do aço, com destaque para minério de ferro e carvão metalúrgico. São dois produtos que têm peso expressivo em seus custos de produção e continuam pressionando as margens operacionais da companhia. 

rn

 A empresa, décimo maior produtor de aço do mundo,  informou que o investimento total previsto para a área de mineração alcança R$ 838 milhões, com objetivo de atingir 11,5 milhões de toneladas de capacidade de produção anual. Esse volume vai significar aumento da ordem de 80% sobre o volume atual. 

rn

 O minério de ferro e o carvão são utilizados principalmente pela controlada Gerdau Açominas, localizada em Ouro Branco (MG). A usina é a maior do grupo. 

rn

 “Frente a esse cenário — de impacto na rentabilidade da companhia —, seguimos buscando aprimorar a nossa gestão de custos, com destaque para a produção própria de minério de ferro e de carvão mineral, assim como para o fornecimento de sucata cativa”, afirmou o presidente da Gerdau, André Gerdau Johannpeter. 

rn

 Segundo a empresa, o objetivo é alcançar a autossuficiência de minério de ferro na Gerdau Açominas. Por isso, o grupo acelera a instalação da segunda fase de investimento na exploração da matéria-prima em minas próprias na região de Ouro Branco. A capacidade atual é de 6,5 milhões de toneladas ao ano, que será dobrada com a instalação da segunda unidade de tratamento de minério. 

rn

 Esse plano contempla também estrutura logística própria, com investimentos em sistema de transporte rodoviário para facilitar o escoamento da produção. Outro projeto é um sistema de correia de longa distância, com 9 km de extensão, para levar a matéria-prima até a usina. Um terminal ferroviário, na etapa final de estudos, completa o programa superior a R$ 800 milhões. A previsão é concluir a expansão em 2014. 

rn

 A Gerdau informou ainda que leva avante seu plano  de exploração comercial da produção excedente do minério de ferro. Para isso, no momento busca um parceiro estratégico para o empreendimento.

rn

 

Fonte: Valor Econômico

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Votorantim Cimentos mobiliza população de Nobres (MT) a incentivar a leitura

5 de novembro de 2018

O programa Parceria Votorantim pela Educação (PVE) chega ao quarto ciclo de atividades em Nobres (MT). A iniciativa, inédita no…

LEIA MAIS

Congresso Aço Brasil 2019 debate o futuro do setor

8 de agosto de 2019

Nos dias 20 e 21 de agosto, em Brasília, o Instituto Aço Brasil reunirá autoridades, empresários e especialistas para debater…

LEIA MAIS

Belo Horizonte é o terceiro mercado de coworking no Brasil

27 de novembro de 2018

Maior empresa do setor no mundo lança espaço de seis andares na cidade Terceiro maior mercado de coworkings do Brasil…

LEIA MAIS