NOTÍCIAS

Glencore e Xstrata podem adiar fusão por mais um mês

18 de janeiro de 2013

rnA negociadora de commodities Glencore e a mineradora anglo-suíça Xstrata querem estender o prazo final para acertarem os últimos detalhes da fusão multibilionária entre as duas companhias para conseguir

rn

A negociadora de commodities Glencore e a mineradora anglo-suíça Xstrata querem estender o prazo final para acertarem os últimos detalhes da fusão multibilionária entre as duas companhias para conseguir mais tempo para conseguir as aprovações regulatórias necessárias, informou hoje uma fonte próxima à operação.

rn

Ambas estão no processo de conseguirem uma decisão favorável para o processo de união, que criará a quarta maior mineradora do mundo, com valor de mercado de US$ 80 bilhões. As duas já postergaram a assinatura final várias vezes e o último prazo foi acertado para o dia 31. O acordo, porém, entrariam em colapso sem aprovação regulatória.

rn

De acordo com a pessoa ouvida pela Dow Jones Newswires, que não quis se identificar, pode levar mais de um mês para que o sinal verde definitivo seja dado à transação. A Glencore e a Xstrata já conseguiram a aprovação de seus acionistas e das autoridades da União Europeia e dos Estados Unidos. Faltam África do Sul e China.

rn

O Tribunal da Competição da África do Sul vai iniciar as audiências na sexta-feira e permitir que a estatal Eskom Holdings explique por que está temerosa com a fusão. A empresa produz cerca de 90% da eletricidade no país por meio de termelétricas movidas a carvão e exige que Glencore e Xstrata garantam o suprimento de suas usinas.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Valor Econômico

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até 13 de abril

5 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS

LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS

Produção de minério de ferro da BHP cai 4% no trimestre

20 de outubro de 2017

Os números levam em consideração o minério de ferro produzido pela BHP e em parcerias em joint ventures

LEIA MAIS