NOTÍCIAS

Importações de commodities pela China devem subir

9 de janeiro de 2013

rnAs importações chinesas de petróleo, minério de ferro e soja devem subir em dezembro à medida em que a economia cresce e os compradores começam a estocagem para 2013.rnA China, maior consumidor mundial da m

rn

As importações chinesas de petróleo, minério de ferro e soja devem subir em dezembro à medida em que a economia cresce e os compradores começam a estocagem para 2013.

rn

A China, maior consumidor mundial da maior parte das commodities, deve divulgar seus dados comerciais de novembro nesta quinta-feira (10).

rn

Uma recuperação na atividade manufatureira no mês passado para seu nível mais forte desde maio de 2011 acrescentou sinais de que a segunda maior economia global está se recuperando após diminuir o ritmo por sete trimestres consecutivos, e isso aumentou o interesse por um série de commodities.

rn

As entregas de petróleo devem subir com um aumento das capacidades de refino, enquanto as importações de minério de ferro podem ter aumentado devido a uma alta recorde com as siderúrgicas se preparando para um incremento da demanda e uma queda dos estoques no início do novo ano.

rn

“Nós estamos bastante confiantes sobre a recuperação econômica da China e nós acreditamos que a demanda melhorou bastante desde o terceiro trimestre”, disse Henry Liu, analista sênior da Mirae Asset Securities, em Hong Kong.

rn

“A China está comprando muito mais minério de ferro no momento mas depende do que está disponível no mercado — todos estão desesperadamente buscando fontes”, ele disse.

rn

A chegada de carregamentos de soja atrasados devem elevar as importações para mais de 30% em comparação com novembro. Com a queda dos preços em Chicago, as margens de esmagamento se tornaram positivos antes da temporada de maior demanda antes do Novo Ano lunar chinês que começa em fevereiro.

rn

No geral, o comércio deve se recuperar ligeiramente em dezembro, com as exportações provavelmente subindo 4% em comparação com um ano atrás, uma alta ante os 2,9% em novembro, e as importações devem subir 3% após permanecerem estáveis no mês anterior.

rn

Minério de Ferro

rn

A China, maior comprador mundial de minério de ferro, deve registrar uma nova alta recorde de importações em dezembro, excedendo o recorde anterior de 68,97 milhões de toneladas atingido em janeiro de 2011. As importações de novembro, de 65,78 milhões de toneladas, foram as segundas mais altas já registradas.

rn

Os preços globais do minério, atualmente perto de máximas de 15 meses, subiram substancialmente em dezembro, com muitos compradores chineses esperando não só uma melhora na demanda no novo ano, mas também menores estoques com o mau tempo interrompendo entregas da Austrália e do Brasil.

rn

O índice referência para o minério com teor de 62% de ferro terminou o mês a US$ 144,90 por tonelada, uma alta de quase US$ 30 ante o fim de novembro.

rn

 

Fonte: Folha de S. Paulo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

Venda interna de aço cresce 2,3% em 2017

23 de janeiro de 2018

As vendas internas cresceram 2,3% em 2017 e atingiram 16,9 milhões de toneladas, de acordo com dados do Instituto Aço…

LEIA MAIS

Série de vídeos mostra a verdadeira mineração do Brasil

10 de abril de 2018

A extração dos recursos naturais é uma atividade que sempre foi exercida pelo homem. É na natureza que ele busca…

LEIA MAIS