NOTÍCIAS

Instituto Tecnológico Vale abre inscrições para nova turma de mestrado

7 de agosto de 2017

Interessados podem se inscrever até o dia 22 de setembro deste ano. São 20 vagas ofertadas

Que tal estudar o mundo da mineração e sua relação com o território, como meio ambiente, e com as populações que habitam a região amazônica? Esse é o propósito do curso de mestrado profissional Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais, do Instituto Tecnológico Vale (ITV). Interessados podem se inscrever até o dia 22 de setembro deste ano. São 20 vagas ofertadas.
 
O Mestrado, reconhecido pelo Ministério da Educação, tem duração de dois anos e oferece duas linhas de pesquisa: Socioeconomia e Sustentabilidade na Mineração e Uso Sustentável de Recursos Biológicos.
 
A oportunidade é ideal para profissionais interessados em adquirir uma visão interdisciplinar do aproveitamento sustentável dos recursos naturais. “Por essa característica de promoção, de contribuição para o entendimento e formação de recursos humanos em relação à mineração e sustentabilidade, este curso ocupa um lugar ímpar na promoção de pesquisa e formação de recursos humanos na Amazônia”, ressalta a doutora Maria Cristina Maneschy, coordenadora do Mestrado.
 
O ITV
 
Criado em 2009, o Instituto Tecnológico Vale (ITV) é uma instituição sem fins lucrativos de pesquisa e ensino de pós-graduação. Tem como objetivo criar opções de futuro por meio da pesquisa científica e do desenvolvimento de tecnologias, expandindo o conhecimento e a fronteira dos negócios de maneira sustentável. Acesse aqui o site do ITV.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Instagram reúne informações para estudantes e profissionais ligados à geologia

19 de setembro de 2018

Com mais de 26 mil seguidores, o perfil @igeologico apresenta, de forma leve e didática, informações sobre o setor mineral…

LEIA MAIS

Minério mantém alta

5 de dezembro de 2017

Em sua quinta alta consecutiva, o minério de ferro atingiu o maior valor desde 14 de setembro no mercado à…

LEIA MAIS

Produção da Vale bate recorde no trimestre

20 de outubro de 2017

O complexo atingiu recorde trimestral de 45 Mt no terceiro trimestre, ao produzir 8,5% a mais do que no segundo trimestre.

LEIA MAIS