NOTÍCIAS

Investidores russos estão de olho em reserva baiana

20 de fevereiro de 2013

rnExecutivos e geólogos da Mast, sediada na Rússia, prospectam área localizada no oeste baianornExecutivos da empresa russa Mast, acompanhados de geólogos, estiveram no município de Barreiras, no Oeste baiano, para

rn

Executivos e geólogos da Mast, sediada na Rússia, prospectam área localizada no oeste baiano

rn

Executivos da empresa russa Mast, acompanhados de geólogos, estiveram no município de Barreiras, no Oeste baiano, para analisar a possibilidade de realizar investimentos na área de minérios. A informação foi confirmada pelo secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, durante o Primeiro Encontro Empresarial Bahia Rússia realizado pela Federação das Indústrias do estado da Bahia (FIEB), em salvador, na última segunda-feira (18). O encontro foi organizado pelo governo da Bahia em parceria com o Conselho Comercial Rússia-Brasil fora do eixo Rio-São Paulo.

rn

No evento, que contou com a participação de empresários russos, o secretário mencionou os investimentos feitos pelo governo da Bahia para trazer empresas estrangeiras para o estado.

rn

O governo baiano, segundo o secretário para Assuntos Internacionais, Fernando Schimidt, quer a ampliação das relações com a Rússia, único integrante do Brics que ainda não recebeu a visita oficial do governador Jaques Wagner.

rn

Balança comercial

rn

Para Schimidt, o comércio bilateral Bahia-Rússia ainda é incipiente e precisa ser ampliado. De acordo com ele, em 2012 as exportações baianas para a Rússia totalizaram US$ 3,9 milhões, enquanto que as importações somaram US$ 130,9 milhões.

rn

Durante o encontro foram apresentadas as oportunidades existentes no estado da Bahia por representantes do governo, enquanto o vice-presidente da Fieb, Reinaldo Sampaio, falou sobre o apoio da entidade aos investidores estrangeiros.

rn

A viagem dos empresários russos ao Brasil foi planejada durante a visita da presidente Dilma Rousseff a Moscou, em dezembro passado. No evento da FIEB, empresários russos apresentaram as oportunidades de negócios no seu país e os representantes de dez empresas de diversos setores conheceram os aspectos da economia baiana e o potencial de investimentos do estado.

rn

O vice-chefe do Escritório Comercial da Rússia no Brasil, Dmitry Burych, destacou a recente visita da presidente Dilma Rousseff à Rússia como uma demonstração de concretização das relações bilaterais de ambos os países.

rn

Já Aleksander Medvedovsky, que representou o Conselho Empresarial Rússia-Brasil, afirmou que a Bahia foi escolhida para esse evento por apresentar grandes oportunidades para empresas estrangeiras de diversas áreas.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Brasil Econômico

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Produção de minério de ferro da BHP cai 4% no trimestre

20 de outubro de 2017

Os números levam em consideração o minério de ferro produzido pela BHP e em parcerias em joint ventures

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

Secretário de Mineração, Alexandre Vidigal, anuncia plano de ação para mineração

28 de janeiro de 2020

“A mineração é um produto muito bom. Não é propaganda enganosa”. As frases são do Secretário de Geologia, Mineração e…

LEIA MAIS