NOTÍCIAS

Investimentos deverão somar US$ 75 bilhões de 2012 a 2016

3 de maio de 2012

rnA indústria extrativa mineral investirá no país US$ 75 bilhões entre 2012 e 2016, anunciou ontem o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram). Este será o maior volume de aportes já registrado

rn

A indústria extrativa mineral investirá no país US$ 75 bilhões entre 2012 e 2016, anunciou ontem o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram). Este será o maior volume de aportes já registrado pelo setor, que mantém perspectivas positivas quanto à demanda internacional, principalmente de minério de ferro.

As informações constam do “Balanço da Economia Mineral 2011 e 2012”, realizado pela entidade. De acordo com o documento, os investimentos previstos nos próximos quatro anos são 9,5% superiores ao projetado no período entre 2011 e 2015, quando as estimativas apontavam para inversões da ordem de US$ 68,5 bilhões.

Os investimentos do segmento no Brasil vêm batendo recordes sucessivos nos últimos anos. E o cenário é resultado do aumento da demanda, principalmente na China, maior consumidora do planeta. Com a oferta apertada, os preços de minerais, como o minério de ferro, chegaram a dobrar nos últimos anos, atraindo o interesse de investidores para o segmento.

Apesar de o Ibram não divulgar dados regionalizados, Minas Gerais deverá receber grande parte dos aportes previstos até 2016, uma vez que o Estado é o maior produtor mineral do país. Entre os projetos em andamento está o Sistema Minas-Rio da Anglo America. Os aportes no empreendimento alcançarão US$ 5,8 bilhões até o próximo ano. O projeto compreende a produção de 26 milhões de toneladas de minério de ferro no complexo minerário de Conceição do Mato Dentro (Médio Espinhaço).

A maior mineradora do país e uma das principais do planeta, a Vale S/A também conta com investimentos significativos em Minas Gerais. Em Itabira (região Central), a companhia irá aportar US$ 1,174 bilhão até o segundo semestre de 2012 no projeto Conceição Itabiritos. O empreendimento compreende a construção de uma usina de concentração e terá capacidade para 12 milhões de toneladas/ano.

Outro importante vetor de inversões minerais no Estado é a nova fronteira situada no Norte de Minas. Entre os aportes em andamento está o da Mineração Minas-Bahia (Miba), adquirida pelo grupo cazaquistanês Eurasian Natural Resources. Serão investidos US$ 3,6 bilhões nos próximos cinco anos, para produzir 25 milhões de toneladas por ano de minério concentrado. As jazidas estão localizadas entre os municípios de Grão Mogol e Rio Pardo de Minas e as operações devem gerar 15 mil empregos diretos e indiretos.

rn

Valor – Em meio aos investimentos da indústria extrativa, o valor da produção mineral deverá crescer 10% neste ano em relação ao exercício passado. O resultado passará de US$ 50 bilhões para US$ 55 bilhões.

Este crescimento deverá ser impulsionado pelo minério de ferro, que responde por 81% das exportações do setor. Conforme o documento do Ibram, a produção brasileira da commoditydeverá alcançar 510,8 milhões de toneladas em 2012. O volume representa incremento de 9,4% na comparação com o ano passado, quando ele atingiu 466,9 milhões de toneladas.

Já o crescimento da produção de ouro deverá ser de 6% no atual exercício em relação a 2011. As estimativas da entidade apontam que o resultado deverá passar de 66 toneladas para 70 toneladas em 2012.

Ainda conforme o balanço do instituto, Minas Gerais respondeu por 47,11% das exportações brasileiras no ano passado, quando elas somaram US$ 49,7 bilhões. Os embarques mineiros atingiram US$ 23,417 bilhões em 2011.

O Estado foi responsável por 46,52% do minério de ferro exportado no país e por 63,8% do ouro comercializado no mercado externo, conforme informações do Ibram. Já no segmento de níobio, Minas responde por 91,6%.

 

Fonte: Diário do Comércio

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Produção de minério de ferro da BHP cai 4% no trimestre

20 de outubro de 2017

Os números levam em consideração o minério de ferro produzido pela BHP e em parcerias em joint ventures

LEIA MAIS

AngloGold Ashanti aprimora frota de subsolo

14 de janeiro de 2019

Dois novos jumbos, com investimento de R$ 10 milhões, foram adquiridos para operações de Minas Gerais Cerca de R$ 10…

LEIA MAIS

Apesar de queda da cotação do ferro, receita do Brasil deve ser estável

27 de novembro de 2018

Cotação internacional do minério de ferro recuou de mais de 8% A cotação da tonelada de minério de ferro caiu…

LEIA MAIS