NOTÍCIAS

JAGUAR CAPTA US$ 21,5 MILHÕES PARA DESENVOLVER ATIVOS NO BRASIL

30 de outubro de 2015

A Jaguar Mining informou na última quarta-feira (28) o fechamento da emissão privada de debêntures conversíveis, que teve mais demanda do que papéis ofertados.

A Jaguar Mining informou na última quarta-feira (28) o fechamento da emissão privada de debêntures conversíveis, que teve mais demanda do que papéis ofertados, captando o valor bruto de US$ 21,5 milhões. Cerca de US$ 8,4 milhões foram pagos a um fundo de investimento e o restante será utilizado para avançar com os planos de otimização em conjunto com as atividades de produção e de desenvolvimento das minas no Brasil.

As debêntures possuem uma taxa de juros de 12% ao ano, pagáveis em dinheiro em uma base trimestral e são conversíveis em opções de compra de ações da Jaguar por 15 centavos de dólar canadense cada. A proporção é de aproximadamente 8.781 ações para US$ 1 mil em debêntures, com base no câmbio de US$ 0,75 por um dólar canadense. As debêntures vencem em 27 de outubro de 2018, conforme comunicado ao mercado na quarta-feira.

Segundo a mineradora canadense, as debêntures não poderão ser resgatadas antes da data de 12 meses e um dia após do prazo de fechamento da oferta. Os investidores poderão resgatar os papéis em dinheiro e de uma só vez ou de tempo em tempo mediante opção da Jaguar a um preço de 120% do valor principal das debêntures emitidas um ano após a call date(data que o investidor tem direito a comprar de volta os títulos) e de 110% subsequentemente, além de juros provisionados não pagos.

Em conformidade com a operação, o Outrider Management e Dupont Capital Management, principais acionistas da Jaguar, subscreveram um volume de debêntures equivalente aos valores de US$ 5,35 milhões e US$ 1,5 milhão, respectivamente.

Com a emissão das debêntures, a Outrider, que já possuía cerca de 36,04 milhões de ações da Jaguar, o equivalente a aproximadamente 32,4% das ações emitidas e em circulação, pode aumentar sua participação para 52,5%, caso opte por converter as debêntures em papéis da mineradora.

A Dupont detinha aproximadamente 12,03 milhões de ações da mineradora, para uma participação de 10,8% na empresa. Essa fatia pode aumentar para 20,3% e 25,20 milhões de ações caso a empresa converta as debêntures em ações da Jaguar.

A Jaguar opera no Brasil por meio de três empresas, a Mineração Serras do Oeste (MSOL), a Mineração Turmalina (MTL) e a MCT Mineração.

Fonte: Notícias de Mineração Brasil
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Redes e Imerys capacitam fornecedores em projetos sociais

8 de outubro de 2018

Com o objetivo de fomentar a capacitação de fornecedores locais, as indústrias paraenses têm buscado, cada vez mais, a parceria…

LEIA MAIS

Abertas inscrições do Programa Aprendiz da AngloGold Ashanti em Nova Lima (MG)

8 de agosto de 2019

São 60 vagas, das quais 20 exclusivas para pessoas com deficiência (PCD). Os cursos disponíveis são de operador de mina…

LEIA MAIS

Anote na agenda: inauguração do Hub da Mineração será em 17 de janeiro

14 de janeiro de 2019

O Mining Hub ou Hub da Mineração, um dos mais inovadores projetos do setor mineral internacional, já tem data marcada…

LEIA MAIS