NOTÍCIAS

Kinross apoia turnê 2017 da Orquestra Filarmônica de MG e promove apresentações em Paracatu

12 de junho de 2017

Com patrocínio da mineradora, a Orquestra se apresentará dentro do Festival do Patrimônio Cultural de Paracatu e em dois eventos para crianças e jovens da comunidade

A Kinross é uma das apoiadoras da turnê 2017 da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.  Por conta desse apoio, a Filarmônica fará a abertura do Festival do Patrimônio Cultural de Paracatu no dia 1º de julho, evento que será aberto ao público na Praça Largo do Rosário. Além desse concerto, haverá mais duas apresentações (concerto de câmara e didático) na cidade, direcionadas à alunos das escolas públicas e à estudantes de música da cidade, no dia 30 de junho.
 
A Filarmônica de Minas Gerais é uma das mais conceituadas orquestras do Brasil. No repertório que será apresentado em Paracatu estarão os clássicos de grandes compositores como Tchaikovsky, Johann Strauss Jr., Elgar, Liszt, Berlioz e Carlos Gomes.  A regência será do maestro Marcos Arakaki.
 
De acordo com a Gerente de Comunicação e Comunidade da Kinross, Ana Cunha, a Kinross realiza diversas ações de Relacionamento com a cidade de Paracatu e há uma grande expectativa com a apresentação da Filarmônica pela primeira vez. “A Kinross é parceira do Festival do Patrimônio Cultural desde sua primeira edição. Fomentar e ser parte das iniciativas culturais de Paracatu faz parte da nossa crença de que não se constrói uma cidade forte sem conhecer e respeitar a sua história. Esse ano, temos a possibilidade de presentear os moradores de Paracatu e região com a participação da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, uma das maiores referências em música clássica do Brasil, que trará ainda mais qualidade ao nosso Festival”, diz.
 
O 4º Festival do Patrimônio Cultural de Paracatu será realizado de 1º a 9 de julho e terá diversas atividades espalhadas pelo centro histórico da cidade. Dentre as atrações, o evento promoverá também o Festival de Música Brasileira, com a presença de músicos de todo o país; a Etapa Gastronômica, que este ano tem o café, o queijo minas e a castanha de baru como ingredientes obrigatórios; o projeto Minas ao Luar, que vai encerrar o evento no dia 9 de julho; e diversas outras atrações para reforçar a gastronomia e cultura local.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS

Serabi aumenta reservas de ouro em 31%

12 de dezembro de 2017

A Serabi Gold disse ontem (11) que a nova estimativa de reservas minerais provadas e prováveis para as minas de…

LEIA MAIS

CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até esta sexta-feira

10 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS