NOTÍCIAS

Kinross dá mais um importante passo para a preservação da água de Paracatu(MG)

7 de janeiro de 2013

rnEmpresa é a primeira de Minas Gerais a conseguir a licença que permite a gestão de sua captação considerando a necessidades da população na regiãorn rnA Kinross, uma das maiores produtora

rn

Empresa é a primeira de Minas Gerais a conseguir a licença que permite a gestão de sua captação considerando a necessidades da população na região

rn

 

rn

A Kinross, uma das maiores produtoras  de ouro do Brasil, deu mais um grande passo na proteção dos recursos hídricos da bacia do Entre Ribeiros, localizada na região de Paracatu. A empresa é a primeira de Minas Gerais a obter uma outorga sazonal para captação de água, reafirmando seu compromisso com o desenvolvimento sustentável de toda a região.

rn

 
A outorga, concedida pela SUPRAM NOR – Superintendência Regional de Meio Ambiente do Noroeste de MG – no dia 04 de dezembro, baseia-se na captação de água de todo o volume anual requerido para as operações da empresa concentrado durante o período chuvoso. A medida adotada reduz ao mínimo ou mesmo elimina os volumes captados durante o período da estiagem, quando a maior parte dos demais usuários da bacia, em especial o setor agrícola, necessita da captação para manutenção de suas plantações. Desta forma, os riscos de falta de água bem como de conflitos por seu uso são reduzidos significantemente.

rn

 
Em 2011, a Kinross iniciou a implantação de uma estratégia de sustentabilidade que tem como um dos vetores principais a preservação de recursos hídricos. Neste contexto, foi implementada uma série de medidas que visaram melhorar o desempenho no uso racional da água tais como a implantação de um sistema de gestão da água, que permite mensurar sua utilização de forma mais precisa e identificar as perdas para aumentar a eficiência. Além disto, a empresa iniciou a implantação do Projeto Nascentes em parceria com a ONG local MOVER (Movimento Verde de Paracatu), o IEF (Instituto Estadual de Florestas de MG) e proprietários rurais locais, que já cercou 30 nascentes com o intuito de protegê-las e preservá-las.

rn

 
Desde 2009, a Kinross vem investindo também em um projeto piloto de preservação da nascente do Córrego Espalha em parceria com a comunidade rural do local, que já apresenta  seus primeiros resultados. A empresa também contratou e preparou, o Plano Diretor de Gestão Hídrica da Bacia do Ribeirão do Entre Ribeiros, na qual mantêm suas captações de água. Este plano inclui o diagnóstico da bacia, seus principais usos, além de propor soluções tecnicamente viáveis para a utilização sustentável das águas na região, assegurando o recurso para todos os usuários. A participação da Kinross e sua parceria com o Comitê de Águas da Bacia do Paracatu tem sido imprescindível para a efetivação de todas estas ações.

rn

 

Fonte: CDN Comunicação Corporativa

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Projeto de terras-raras vai produzir 5 mil toneladas por ano em Goiás

13 de novembro de 2017

A Mineração Serra Verde (MSV) trabalha para produzir anualmente 5 mil toneladas de concentrado de terras-raras no projeto que possui…

LEIA MAIS

Serabi aumenta reservas de ouro em 31%

12 de dezembro de 2017

A Serabi Gold disse ontem (11) que a nova estimativa de reservas minerais provadas e prováveis para as minas de…

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS