NOTÍCIAS

KINROSS É CLASSIFICADA NA CATEGORIA OURO EM PRÊMIO DE SAÚDE E SEGURANÇA

4 de novembro de 2015

A empresa conquistou 870 pontos após visita de avaliadores da Agência Brasil de Segurança.

A empresa conquistou 870 pontos após visita de avaliadores da Agência Brasil de Segurança

A Agência Brasil de Segurança (ABS), entidade responsável por coordenar e divulgar estudos técnicos e científicos relacionados a corporações, contemplou a Kinross com o Prêmio ABS TOP em Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) na categoria Ouro. A premiação busca o reconhecimento de companhias comprometidas em adotar de maneira ampla e contínua sistemas de prevenção que proporcionem a conquista de melhores resultados e promoção de melhorias na gestão de saúde e segurança no ambiente de trabalho. 

Durante dois dias, a empresa recebeu a visita de avaliadores da ABS que, com base nas diretrizes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Fundacentro, avaliaram os seguintes fundamentos: gerenciamento de riscos, conformidade com a legislação, compromisso e participação, gestão com base em fatos e dados, foco em resultados e melhoria contínua. Ao todo, a Kinross alcançou a marca de 870, em um ranking de 1000 pontos. 

De acordo com Claudinei Alves, gerente de Saúde e Segurança da Kinross, foram destacados pontos fortes como o alinhamento de empregados e contratadas com as políticas e procedimentos de SST, a organização e acessibilidade do Sistema de Gestão Integrada (SGI), o tratamento de desvios, a investigação dos incidentes e o gerenciamento de contratadas. “Parabéns a todos por mais este resultado positivo. Sabemos que o comprometimento e o esforço de todos são essenciais para conquistarmos esse prêmio”, reforça Claudinei. 

Sobre a Kinross

Responsável por 25% da produção de ouro brasileira, a Kinross opera a mina Morro do Ouro em Paracatu, no noroeste de Minas Gerais, e integra a Kinross Gold Corporation, grupo canadense com presença na América do Sul (Brasil e Chile), América do Norte (Estados Unidos e Canadá), África (Gana e Mauritânia) e Eurásia (Rússia). 

Após o início de seu processo de expansão em 2006, a Kinross elevou a capacidade de lavra de minério para 61 Mtpa, aumentando em cerca de três vezes sua produção anual atingindo atualmente 17 toneladas. A unidade tem vida útil estimada até 2030 e é um importante empreendimento industrial da região, respondendo por 15% dos postos de trabalho formais do município. São cerca de 1.390 empregos diretos e de 1.900 terceirizados.

Fonte: Assessoria
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



5 dicas para manutenção eficaz em mineradoras

3 de dezembro de 2018

Manter o maquinário em bom estado de funcionamento é um dos maiores desafios das mineradoras. Instalados em ambientes extremos e…

LEIA MAIS

Votorantim Cimentos apoia projeto de resgate histórico-cultural em Corumbá (MS)

17 de dezembro de 2018

Projeto “Todo Lugar tem uma História para Contar”, do Museu da Pessoa, reuniu histórias de vida dos moradores que impulsionou…

LEIA MAIS

Instagram reúne informações para estudantes e profissionais ligados à geologia

19 de setembro de 2018

Com mais de 26 mil seguidores, o perfil @igeologico apresenta, de forma leve e didática, informações sobre o setor mineral…

LEIA MAIS