NOTÍCIAS

Kinross participação do Global Forum on Responsible Business Conduct

3 de julho de 2017

A Kinross foi uma das seis empresas multinacionais participantes e dividiu sua recente experiência de mediação no Brasil com Heineken International, Pepsco EUA, DHL e Shell Alemãs e Michelin Francesa

A Kinross participou, na última quarta-feira (28), de um evento promovido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), na sede da entidade na cidade de  Paris. Intitulado “High-Level Business Conference on the OECD Guidelines on Multinational Enterprises and the National Contact Point System”, o painel fez parte do Global Forum on Responsible Business Conduct e teve por objetivo sensibilizar e discutir as vantagens e desvantagens sobre os procedimentos em vigor dos Pontos nacionais de Contato – PCN* em dezenas de países.  No encontro também foi debatido as estratégias de como as empresas multinacionais devem posicionar-se nesse processo e facilitar o proativo envolvimento da sociedade, governo e setor privado na condução responsável dos negócios.
 
A Kinross foi uma das seis empresas multinacionais participantes e dividiu sua recente experiência de mediação no Brasil com Heineken International, Pepsco EUA, DHL e Shell Alemãs e Michelin Francesa.
 
Para Ana Cunha, gerente sênior de comunicação e relacionamento com comunidade da empresa, essa foi uma experiência muito valiosa. “Ter a oportunidade de discutir a funcionalidade da ferramenta e contribuir para deixá-la mais eficiente torna o processo ainda mais transparente e forte. Além disso, como empresa que tem no centro do seu negócio a responsabilidade social corporativa, é fundamental para a Kinross contribuir para a discussão global de práticas sociais e ambientais sustentáveis”, avalia.
 
Carolina Lobata, gerente jurídica da Kinross,  ressalta a importância da participação da mineradora no evento. “ Debates globais sobre negócios responsáveis é essencial para o futuro sustentável da empresa. É importante prezarmos pelo constante desenvolvimento de planos e práticas baseados nos melhores exemplos mundiais”, analisa.
 
O painel foi conduzido por lideranças executivas da OCDE e do Comitê para Investimento e Condução Responsável de Negócio (BIAC)
 
Mais informações em http://www.oecd.org/
 
*PCN é um instrumento de mediação e conciliação que atende as Diretrizes da OCDE para as empresas multinacionais.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



IBRAM renova liderança e defende protagonismo do setor

21 de janeiro de 2019

Com grande experiência nos setores público e privado, Jerson Kelman assume a presidência do IBRAM; presidente do Conselho, Luiz Eduardo…

LEIA MAIS

Belo Horizonte é o terceiro mercado de coworking no Brasil

27 de novembro de 2018

Maior empresa do setor no mundo lança espaço de seis andares na cidade Terceiro maior mercado de coworkings do Brasil…

LEIA MAIS

Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS