NOTÍCIAS

Kinross participação do Global Forum on Responsible Business Conduct

3 de julho de 2017

A Kinross foi uma das seis empresas multinacionais participantes e dividiu sua recente experiência de mediação no Brasil com Heineken International, Pepsco EUA, DHL e Shell Alemãs e Michelin Francesa

A Kinross participou, na última quarta-feira (28), de um evento promovido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), na sede da entidade na cidade de  Paris. Intitulado “High-Level Business Conference on the OECD Guidelines on Multinational Enterprises and the National Contact Point System”, o painel fez parte do Global Forum on Responsible Business Conduct e teve por objetivo sensibilizar e discutir as vantagens e desvantagens sobre os procedimentos em vigor dos Pontos nacionais de Contato – PCN* em dezenas de países.  No encontro também foi debatido as estratégias de como as empresas multinacionais devem posicionar-se nesse processo e facilitar o proativo envolvimento da sociedade, governo e setor privado na condução responsável dos negócios.
 
A Kinross foi uma das seis empresas multinacionais participantes e dividiu sua recente experiência de mediação no Brasil com Heineken International, Pepsco EUA, DHL e Shell Alemãs e Michelin Francesa.
 
Para Ana Cunha, gerente sênior de comunicação e relacionamento com comunidade da empresa, essa foi uma experiência muito valiosa. “Ter a oportunidade de discutir a funcionalidade da ferramenta e contribuir para deixá-la mais eficiente torna o processo ainda mais transparente e forte. Além disso, como empresa que tem no centro do seu negócio a responsabilidade social corporativa, é fundamental para a Kinross contribuir para a discussão global de práticas sociais e ambientais sustentáveis”, avalia.
 
Carolina Lobata, gerente jurídica da Kinross,  ressalta a importância da participação da mineradora no evento. “ Debates globais sobre negócios responsáveis é essencial para o futuro sustentável da empresa. É importante prezarmos pelo constante desenvolvimento de planos e práticas baseados nos melhores exemplos mundiais”, analisa.
 
O painel foi conduzido por lideranças executivas da OCDE e do Comitê para Investimento e Condução Responsável de Negócio (BIAC)
 
Mais informações em http://www.oecd.org/
 
*PCN é um instrumento de mediação e conciliação que atende as Diretrizes da OCDE para as empresas multinacionais.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

Minério mantém alta

5 de dezembro de 2017

Em sua quinta alta consecutiva, o minério de ferro atingiu o maior valor desde 14 de setembro no mercado à…

LEIA MAIS

CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até esta sexta-feira

10 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS