NOTÍCIAS

Licenciamento ambiental é o principal entrave à indústria mineral no Brasil

4 de maio de 2012

rnO equivalente à metade do território da Argentina é vetado ao desenvolvimento de atividades econômicas, como a mineração, no Brasil, ou seja, o equivalente a cerca de 38% da área territorial brasileir

rn

O equivalente à metade do território da Argentina é vetado ao desenvolvimento de atividades econômicas, como a mineração, no Brasil, ou seja, o equivalente a cerca de 38% da área territorial brasileira. Nos locais em que é possível implantar projetos sustentáveis o principal entrave é a concessão de licenciamento ambiental pelos organismos públicos.

rn

A burocracia para a liberação do licenciamento é considerada inibidora de novos investimentos e prejudica especialmente as médias e pequenas mineradoras. O setor mineral pleiteia uma legislação específica sobre licenciamento ambiental, em razão da importância da mineração para o desenvolvimento socioeconômico sustentável do País. Somente nos próximos cinco anos, a atividade minerária investirá US$ 75 bilhões no Brasil, volume expressivo que está em risco permanente em razão das exigências burocráticas do licenciamento.

rn

O debate sobre o tema foi um dos destaques da programação do 2º Congresso Internacional de Direito Minerário (www.direitominerario.org.br), que acontece até dia 4 de maio em Salvador, Bahia.

rn

Para Marcio Silva Pereira, Advogado da Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira & Agel Advogados e Consultor do IBRAM – Instituto Brasileiro de Mineração (www.ibram.org.br), “o Brasil tem regras relacionadas à mineração e outras ligadas às questões ambientais, mas que não se integram”.

rn

Segundo o IBRAM, a garantia de acesso aos recursos minerais demanda integração e equilíbrio entre as leis ambientais e normas da área de mineração. A atividade de exploração requer mais clareza nas regras de convivência entre mineradoras e o meio ambiente.

rn

A necessidade de uma legislação que propicie um ambiente favorável ao diálogo entre a esfera produtiva e a ambiental também foi defendida pelo Advogado da União em exercício no Ministério de Minas e Energia, Mauro Henrique Moreira Sousa.

rn

“Uma legislação do ponto de vista ambiental não necessariamente tem que ser traduzida na ideia de que o meio ambiente paira sobre toda e qualquer atividade. O diálogo exige que todos se entendam, gerando assim uma relação de harmonia entre os atos administrativos e a proposta de desenvolvimento que se quer”, pondera Sousa.

rn

A indústria mineral vive um forte ciclo de expansão que tem propiciado a aplicação de vultosos investimentos tanto na busca de novos depósitos quanto na ampliação das operações existentes. Esta situação pode ser um alicerce para que o Brasil promova melhorias na qualidade de vida da sociedade.

rn

Entretanto, as dificuldades e a demora na implantação de novos projetos têm indicado a necessidade de revisar alguns pontos da legislação ambiental aplicável à mineração, para conferir ao País maior competitividade, sobre uma sólida base conceitual, técnica e regulatória, de forma a permitir a sustentabilidade do setor e a preservação do capital natural do País.

rn

“O Brasil tem uma grande oportunidade. O governo discute a criação de um novo marco regulatório para o setor. Estas novas regras podem estabelecer os fundamentos para se criar um novo viés da legislação para se tratar dessas questões de acesso aos recursos minerais, onde a área ambiental será inserida”, pondera o Pereira.

rn

 O 2º Congresso Internacional de Direito Minerário se estende até o dia 4 de maio e é uma parceria do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) com o Departamento Nacional Produção Mineral (DNPM) e a Escola da Advocacia-Geral da União (AGU), com apoio do Governo do Estado da Bahia, por intermédio da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração (SICM) e da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM). O Salvador Convention Bureau é outro apoiador institucional.

rn

 

Fonte: IBRAM – Profissionais do Texto

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Desenvolvimento de Normas Internacionais da ISO em debate

12 de novembro de 2018

Produtores, consumidores, clientes e prestadores de serviços relacionados ao Setor Mineral Brasileiro reuniram esforços para desenvolver e atualizar normas técnicas…

LEIA MAIS

Mining Hub tem taxa de sucesso de 25% no primeiro ano

18 de fevereiro de 2020

O Mining Hub, inédito espaço de inovação aberta do setor mineral, completou o primeiro ano de atividades com elevada taxa de…

LEIA MAIS

Alcoa apoia desenvolvimento em Inglês para alunos do Senai Juruti

10 de dezembro de 2018

Estudantes do Programa de Formação de Operadores e Operadoras (PFO) e de cursos técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial…

LEIA MAIS