NOTÍCIAS

Maior evento da mineração será lançado nesta quinta-feira em Belém(PA) em 2018

22 de fevereiro de 2018

A indústria da mineração projeta expandir sua capacidade de gerar mais empregos e renda, em conjunto com sua cadeia produtiva, nas próximas décadas. Detalhamento sobre os negócios em vista serão abordados durante a EXPOSIBRAM, o maior evento de mineração do Brasil e um dos maiores da América Latina, cuja edição 2018 será realizada em Belém (PA), no segundo semestre.

Nesta quinta-feira (22.2), o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) fará o lançamento oficial da EXPOSIBRAM Amazônia 2018 (http://portaldamineracao.com.br/exposibramamazonia/), com apoio da Secretaria de Estado e Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME). A cerimônia contará com a presença de autoridades, a partir das 17h30, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA).

Esta será a quinta vez que Belém sediará a EXPOSIBRAM, que originalmente ocorre na cidade de Belo Horizonte – a edição mais recente foi realizada na capital mineira, pelo IBRAM, em setembro de 2017 e reuniu mais de 40 mil participantes.

Assim como em Belo Horizonte, a EXPOSIBRAM em Belém contará com uma feira de negócios e um congresso de alto nível para debater temas do setor: a Exposição Internacional de Mineração da Amazônia e o Congresso de Mineração da Amazônia. Participarão inscritos de vários países de 29 de outubro a 1º de novembro de 2018, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.

Ao intercalar a realização da EXPOSIBRAM entre os dois principais Estados mineradores do Brasil, o IBRAM busca ampliar a disseminação de informações socioeconômicas e técnicas sobre a moderna indústria da mineração e suas contribuições para o crescimento e desenvolvimento do Brasil. “Os resultados da atuação das indústrias mineradoras tanto em Minas Gerais quanto no Pará geram reflexos socioeconômicos positivos localmente e para todo o País”, diz o Diretor-Presidente do IBRAM, Walter Alvarenga.

A mineração evidencia o Pará no cenário mineral nacional e internacional: é o segundo maior produtor mineral do País, com jazidas de minérios como Ferro, Cobre, Níquel, Bauxita, Caulim, Manganês, Silício e Ouro. “A mineração industrial está presente em 61 municípios paraenses, ou seja, é uma atividade produtiva consolidada naquela importante região do Brasil”, diz o Walter Alvarenga.

Segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) apurados pelo IBRAM, no ano de 2017 foram exportados pelo Pará mais de 177 milhões de toneladas, o que gerou receita de cerca de US$ 10,5 bilhões.

O saldo (exportações e importações em US$) do Estado do Pará representou 50% do saldo Brasil em exportações minerais. “Muito disso em função do minério de ferro do projeto S11D, produzido em Parauapebas. O município se tornou, em 2017, o primeiro colocado em arrecadação de royalty de exploração mineral (chamado de CFEM). Entre os dez maiores arrecadadores, estão outros dois municípios paraenses: Marabá e Canaã dos Carajás. Esses três municípios paraenses respondem por 30% da arrecadação de CFEM no Brasil .

Sobre a EXPOSIBRAM Amazônia

Considerado um dos principais fóruns de discussões do setor mineral na América Latina, a EXPOSIBRAM Amazônia busca aproximar as companhias de mineração, inclusive as com atuação internacional, dos fornecedores de equipamentos e serviços da Região Norte. O objetivo é fomentar negócios a curto, médio e longo prazo.  “Nesta 5ª edição temos como meta reforçar o conceito de que a Região Norte  é primordial para a evolução da mineração. Pretendemos, mais uma vez, atrair investidores e empresas e mostrar a importância desta região para todo o setor mineral internacional”, afirma Walter Alvarenga.

O evento é uma das principais vitrines de negócios e de conhecimentos sobre a indústria mineral na região, que desponta como importante polo gerador de oportunidades de negócio, emprego e renda para os brasileiros de várias localidades, seja diretamente na indústria mineral, ou na cadeia produtiva: pequenas e médias indústrias, empresas de atacado e varejo e também do setor de serviços.

O Congresso de Mineração, integrante da EXPOSIBRAM, pretende atrair este ano cerca de mil participantes entre especialistas, pesquisadores, estudantes e representantes de empresas.

A pauta das palestras vai levar em conta o contexto político e socioeconômico global, bem como as perspectivas dos negócios para as próximas décadas anunciadas pelas mineradoras. Para dinamizar os debates, o IBRAM estabelecerá uma programação com palestras magnas, workshops, talk shows, entre outras atrações.

Segundo o Diretor de Assuntos Ambientais do IBRAM, Rinaldo Mancin, “pretendemos reunir os principais dirigentes e representantes das maiores mineradoras do mundo para conhecer suas análises e debater a respeito do cenário da mineração, um dos motores da economia global”.

Serviço:

Lançamento da EXPOSIBRAM Amazônia 2018
Data: 
22 de fevereiro
Horário: 17h30
Local: Sede da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA)

 

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Participe do I Seminário de Mineração e Meio Ambiente da Bahia

19 de setembro de 2018

Estão abertas as inscrições para o “I Seminário de Mineração e Meio Ambiente da Bahia”. O evento será realizado entre…

LEIA MAIS

Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS

Fabio Schvartsman participa de evento corporativo em São Paulo

16 de abril de 2018

O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, participou, no dia 10 de abril, do Itaú Macro Vision, evento voltado para o…

LEIA MAIS