NOTÍCIAS

MCTIC lança consulta pública sobre Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para Minerais Estratégicos

1 de outubro de 2018

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançou na última quinta-feira (27) consulta pública sobre o Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para Minerais Estratégicos. Elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, o plano reúne diretrizes para a atuação do MCTIC em minerais “portadores de futuro” (elementos terras-raras, lítio e silício) e em minerais que apresentam déficit comercial (agrominerais), mas que possuem importância econômica e estratégica para o país.

O Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para Minerais Estratégicos identifica os principais desafios tecnológicos para o desenvolvimento das cadeias produtivas e procura estabelecer iniciativas de capacitação e formação de recursos humanos e de cooperação internacional, além de programas que agreguem valor à indústria de mineração. O objetivo é tornar o Brasil referência mundial em tecnologias para produção, uso e aplicações de minerais estratégicos em produtos de alto conteúdo tecnológico.

A consulta pública está aberta até 5 de outubro neste link.

Clique aqui para conhecer o Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para Minerais Estratégicos.

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS

Participe do I Seminário de Extensionismo Técnico Mineral

15 de outubro de 2018

Estão abertas as inscrições para o I Seminário de Extensionismo Técnico Mineral. O evento, promovido pela Agência Nacional de Mineração (ANM),…

LEIA MAIS

Tecnologia leva mais segurança aos caminhões fora de estrada

1 de outubro de 2018

O que um sistema que alerta os motoristas de caminhões fora de estrada sobre a presença de objetos no trajeto…

LEIA MAIS