NOTÍCIAS

Mercado de curto prazo é melhor opção para mineradoras

21 de junho de 2012

rnA venda de minério de ferro no curto prazo é a melhor opção das mineradoras enquanto a volatilidade de preços continuar elevada, afirmou nesta quinta-feira uma fonte de uma das principais produtoras da commodity d

rn

A venda de minério de ferro no curto prazo é a melhor opção das mineradoras enquanto a volatilidade de preços continuar elevada, afirmou nesta quinta-feira uma fonte de uma das principais produtoras da commodity do mundo.

rn

A avaliação foi feita num momento em que siderúrgicas como a Posco querem mudanças na forma de venda do produto e pedem pelo retorno de contratos anuais, sistema que foi abandonado há alguns anos.

rn

Atualmente, o minério é vendido em sua maioria com contratos de curto prazo e no mercado à vista.

rn

“Isso não é novidade. As siderúrgicas sempre tiveram preferência por precificação de longo prazo. Mas enquanto a volatilidade continuar elevada o curto prazo é a melhor solução”, afirmou a fonte, que prefere não ser identificada.

rn

O minério de ferro na China é cotado atualmente a 137,40 dólares a tonelada, no maior valor desde o início de maio, segundo o Steel Index.

rn

Em meados de abril, segundo o mesmo índice, o produto foi cotado perto de 150 dólares, contra aproximadamente 135 dólares em meados de fevereiro. Antes disso, no final do ano passado, o preço estava em torno de 120 dólares.

rn

As mineradoras passaram a fornecer produtos no mercado “spot” desde o fim do ano passado, após um período de negociações sustentadas por contratos trimestrais.

rn

Os preços eram reajustados a cada três meses, mas a forte queda do preço do produto no mercado internacional levou compradores a pressionaram por uma maneira mais ágil de negociação que refletisse mais imediatamente os valores e o desaquecimento da demanda.

rn

Antes disso, o modelo de contratos anuais deu lugar ao sistema trimestral, com mineradoras pressionando compradores a absorver com mais frequência a alta dos preços.

rn

 

Fonte: Thomson Reuters

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS

Programação da EXPOSIBRAM 2019 é construída de forma colaborativa

12 de novembro de 2018

Em pesquisa realizada pela internet, interessados em participar da próxima edição da Expo & Congresso Brasileiro de Mineração indicaram os…

LEIA MAIS

AngloGold Ashanti realiza simulado de emergência de barragem na comunidade de Barra Feliz

19 de novembro de 2018

Terceiro evento em Santa Bárbara mobiliza moradores. Mais de 240 se envolveram na ação, 60% do público-alvo. Próximo treinamento ocorrerá…

LEIA MAIS