NOTÍCIAS

MINAS ARRECADOU R$ 64,357 MI

3 de março de 2012

rnParticipação mineira na arrecadação foi de 50% do total acumulado no país no mês passado.rn A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recu

rn

Participação mineira na arrecadação foi de 50% do total acumulado no país no mês passado.

rn

 A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) em Minas Gerais foi de R$ 64,357 milhões em fevereiro. Embora o resultado tenha sido positivo, o crescimento em relação ao mesmo intervalo do ano anterior (R$ 62,426 milhões) foi menor do que a média dos últimos meses: apenas 3,09%. A participação do Estado na arrecadação da compensação foi de 50% do total acumulado no país no mês passado. 

rn

 No confronto com janeiro, quando foram arrecadados R$ 68,419 milhões de CFEM, houve recuo de 5,3%. Os dados foram divulgados ontem pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). 

rn

 O município que mais recolheu CFEM em janeiro foi Nova Lima (Região Metropolitana de Belo Horizonte) com R$ 11,006 milhões. O valor é 33,3% superior aos R$ 8,256 milhões registrados no mesmo mês do exercício passado. Já em Itabira (região Central), foi registrada a maior queda: 35%. 

rn

Os recursos arrecadados passaram de R$ 11,462 milhões em fevereiro de 2011 para R$ 7,384 milhões neste ano. 

rn

 Mariana (região Central) também sofreu redução na arrecadação da CFEM em fevereiro. Com R$ 7,914 milhões em recursos contabilizados em janeiro, houve queda de 5,9% na comparação com fevereiro de 2011 (R$ 8,416 milhões). Mesmo com a queda, a cidade ficou em segundo lugar no ranking dos municípios mineiros que mais recolheram a compensação no Estado. 

rn

 Em Congonhas (Campos das Vertentes), a CFEM acumulada em fevereiro chegou a R$ 7,384 milhões. O resultado significou um crescimento de 145% na comparação com os R$ 3,240 milhões registrados no mesmo mês do ano passado. 

rn

 A arrecadação da compensação em São Gonçalo do Rio Abaixo (região Central) caiu 27,4%. O município arrecadou no período R$ 6,860 milhões, contra R$ 9,456 milhões em fevereiro do ano passado. 

rn

 Em Brumadinho (RMBH), o acréscimo do recolhimento  de CFEM foi de 24%. No confronto entre os meses de fevereiro de 2011 e 2012, o montante arrecadado pelo município subiu de R$ 3,240 milhões para R$ 4,020 milhões. 

rn

 Dentre as principais cidades mineradoras do Estado, Ouro Preto (região Central) foi a que apresentou o menor volume em recursos pagos por meio da CFEM. No entanto, o valor, que chegou a R$ 2,359 milhões em fevereiro deste ano, é 3,1% superior ao montante de R$ 2,288 milhões verificado no mesmo período de 2011.

rn

Minas é o Estado do país que mais recolhe a contribuição. No ano passado, a arrecadação da CFEM em Minas cresceu 47,4%. No confronto entre o ano passado e o exercício de 2010, o volume pago por meio da contribuição saltou de R$ 534,867 milhões para R$ 788,882 milhões. No Brasil, foram R$ 1,544 bilhão, aumento de 42% em relação ao total apurado em 2010. 

rn

 São destinados aos cofres dos municípios mineradores e do governo estadual cerca de 50% de toda a arrecadação da CFEM, enquanto o Pará representa 29% do total do país. A receita da CFEM é dividida entre municípios, que ficam com 65%, estados, com 23% e União, que recolhe 12% do valor total. 

rn

 

Fonte: Diário do Comércio

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



ArcelorMittal Tubarão lança projeto para dessalinizar água do mar

21 de janeiro de 2019

O projeto demandará investimentos em torno de R$ 50 milhões, gerará cerca de 220 vagas de emprego (no pico da…

LEIA MAIS

Instituto Alcoa promove formação de professores em escolas públicas de Juruti

10 de setembro de 2018

Em busca de conhecimentos, experiências e avanços nas atividades escolares, cerca de 40 professores de escolas públicas de Juruti e…

LEIA MAIS

Apesar de queda da cotação do ferro, receita do Brasil deve ser estável

27 de novembro de 2018

Cotação internacional do minério de ferro recuou de mais de 8% A cotação da tonelada de minério de ferro caiu…

LEIA MAIS