NOTÍCIAS

Mineração seria boa possibilidade de participação no governo”, diz Deputada do Piauí

16 de janeiro de 2013

rnA deputada estadual Margarete Coelho (PP) comentou, em entrevista ao Jornal O Dia, as recentes mudanças administrativas no governo estadual. Adança das cadeiras deixou o Partido Progressista (PP) sem participação direta

rn

A deputada estadual Margarete Coelho (PP) comentou, em entrevista ao Jornal O Dia, as recentes mudanças administrativas no governo estadual. Adança das cadeiras deixou o Partido Progressista (PP) sem participação direta na administração do governador Wilson Martins (PSB), mas segundo a parlamentar o clima entre partido e governo é amigável. Na análise da deputada, a saída de Raimundo Neto da Agespisa foi encarada pelo PP com tranquilidade.

rn

“Como é de conhecimento de todos, o próprio Raimundo Neto já havia manifestado o desejo de deixar o cargo. Diante disso, governo e partido conversaram, o que fez com que a saída dele fosse bastante tranquila”, conta.

rn

Sobre uma possível indicaçãodo PP para outra pasta administrativa, Margarete Coelho confirmou que o partido estuda maneiras de participar da administração. “O governador sabe da importância do PP nas eleições governamentais de 2010. Obviamente, queremos participar de forma mais ativa da administração, mas não é apenas uma questão desse ou aquele cargo, queremos algo relevante, de influência no governo”, declarou.

rn

Questionada se a Secretariade Mineração seria uma pasta de interesse do PP, a parlamentar se mostrou receptiva à ideia. A pasta, ainda sem nome definido para o comando após a saída de Tadeu Maia (PSB), é apontada no meio político como uma das possibilidades de indicação do PP. “Ainda não ouvi falar nada sobre o assunto. Mas o PP tem amplo trabalho nas áreas de sustentabilidade e empreendedorismo. Portanto, dentro desse campo de interesse, aMineração seria uma boa possibilidade de atuarmos com qualidade na administração estadual”, revelou Margarete Coelho.

rn

Ainda sobre a Secretaria de Mineração, a deputada destacou o potencial mineral do estado. “O mapa mineral do Piauí é muito rico. Há muito que se fazer nessa área, mas é preciso cuidado no sentido de saber  explorar sem prejuízos ao meio ambiente. Queremos um estado desenvolvido, mas condizente com as leis de preservação ambiental”.

rn

 

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Portal O Dia

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Minério mantém alta

5 de dezembro de 2017

Em sua quinta alta consecutiva, o minério de ferro atingiu o maior valor desde 14 de setembro no mercado à…

LEIA MAIS

Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS

Anglo American divulga resultados de produção do terceiro trimestre

24 de outubro de 2017

A Anglo American reportou um aumento de 6% na produção total em base equivalente de cobre, em comparação com o mesmo período em 2016.

LEIA MAIS