NOTÍCIAS

Mineração Usiminas planeja retomar operação de unidade de tratamento de minério

14 de junho de 2017
A Mineração Usiminas (MUSA) anunciou que pretende retomar a produção em duas de suas instalações de tratamento de minério na região de Serra Azul (MG). A medida irá elevar a produção atual da empresa em 25% ou cerca de 800 mil toneladas de concentrado de minério de ferro no ano de 2017, destinada ao mercado externo, com volume de embarques em 2018 da ordem de 3,5 milhões de toneladas. A previsão é que a produção seja iniciada a partir do mês de setembro, após a conclusão dos trabalhos preparatórios.
 
De acordo com o CEO da MUSA, Wilfred Bruijn, ainda há muita incerteza e falta de previsibilidade no mercado. Porém, é possível perceber os primeiros sinais positivos, apesar da recente queda do preço do minério de ferro. “Temos perspectivas positivas, inclusive em novos mercados, considerando a boa qualidade do nosso produto. Entretanto, ainda há muita volatilidade no setor e precisamos estar atentos aos movimentos”, avalia.
 
Para a fase preparatória, que envolve diversas etapas das cadeias de manutenção, suprimentos, logística e planejamento, a empresa espera contratar aproximadamente 400 novos empregados diretos e gerar outras mil vagas indiretas. O processo seletivo está em andamento e prioriza ex-empregados, que foram desligados em razão do cenário econômico ruim para o setor mineral ao longo de 2015 e 2016.
 
A alimentação de uma das unidades a serem retomadas, a ITM Flotação, será realizada com material retirado de pilhas e barragem de rejeitos, reduzindo os depósitos em uma operação mais sustentável. Os pedidos de licenciamento da operação já foram devidamente protocolados pela MUSA nos respectivos órgãos reguladores.
 
A Mineração Usiminas possui cinco unidades de tratamento de minério de ferro em três minas (Oeste, Central e Leste). Entre 2011 e 2014, investiu mais de R$ 1 bilhão na expansão de sua capacidade produtiva. Porém, desde junho de 2015, diante do recuo do mercado, a empresa opera apenas uma planta de beneficiamento mineral, a ITM Oeste.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

Alcoa apoia desenvolvimento em Inglês para alunos do Senai Juruti

10 de dezembro de 2018

Estudantes do Programa de Formação de Operadores e Operadoras (PFO) e de cursos técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial…

LEIA MAIS