NOTÍCIAS

Mineradoras investirão U$ 730 milhões em Goiás

15 de maio de 2017

Encontro, que contou com a participação do IBRAM, anunciou investimento em torno de US$ 730 milhões em projetos minerais em Goiás no biênio 2017/2018

As mineradoras vão investir em torno de US$ 730 milhões em projetos minerais em Goiás no biênio 2017/2018. O anúncio foi feito hoje pelo Secretário do Meio Ambiente daquele estado, Vilmar Rocha, em nome do governador Marcone Perillo, em Goiânia (GO).
 
O diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Walter Batista Alvarenga, e o diretor de assuntos minerários do IBRAM, Marcelo Ribeiro Tunes, estiveram presente à solenidade  no palácio do governo estadual, em Goiânia.
 
"Do total anunciado, aproximadamente U$ 450 milhões serão investidos por companhias associadas ao IBRAM, como Anglo Gold Ashanti, Anglo American, Codelco, CMOC Internacional, Vale, Votorantim e Yamana", disse o diretor-presidente do IBRAM.
 
"O governo de Goiás apoia o desenvolvimento da mineração e as empresas respondem com excelentes notícias como esta, que ganha muita relevância considerando a escassez de capital e a crise econômica", afirmou Alvarenga.
 
Walter salienta ainda que o setor mineral contribui de forma decisiva para o desenvolvimento regional. “A atividade mineral realizada em regiões distantes de grandes centros urbanos estimula a criação de polos locais, gerando emprego, renda e infraestrutura para as populações. Além disso, a indústria da mineração é uma das principais geradoras de empregos diretos e indiretos do Brasil. Há cerca de 2,7 milhões de trabalhadores envolvidos com a atividade de mineração no país”. 
 
Vicente Lobo, Secretário de Geologia e Transformação Mineral, representou o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, na solenidade.  "O governo federal parabeniza o governo de Goiás por apoiar a mineração e as empresas pela disposição de investir na produção. O governo federal considera o setor mineral uma matriz de força para estimular o desenvolvimento do Brasil. ", afirmou.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Projeto de terras-raras vai produzir 5 mil toneladas por ano em Goiás

13 de novembro de 2017

A Mineração Serra Verde (MSV) trabalha para produzir anualmente 5 mil toneladas de concentrado de terras-raras no projeto que possui…

LEIA MAIS

Alubar prioriza fornecedores do Pará

10 de abril de 2018

Em 2017, a maior parte dos investimentos da Alubar com compras e serviços foi aplicada no Pará. A fábrica, líder…

LEIA MAIS

CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até 13 de abril

5 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS