NOTÍCIAS

Ministério vai finalizar neste ano mecanismo de Redd+

15 de janeiro de 2013

rnO Ministério do Meio Ambiente deve finalizar neste ano a estratégia nacional do mecanismo de Redução de Emissão por Desmatamento e Degradação (Redd+), afirma o secretário de Mudanças Cl

rn

O Ministério do Meio Ambiente deve finalizar neste ano a estratégia nacional do mecanismo de Redução de Emissão por Desmatamento e Degradação (Redd+), afirma o secretário de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental, Carlos Klink. Outra prioridade deve ser o monitoramento dos biomas brasileiros. Um dos focos dessa política será avaliar o potencial da floresta amazônica como mecanismo de combate às mudanças climáticas.

rn

Segundo Klink, o Redd+ vai ajudar na implantação de projetos voltados para a conservação florestal como forma de reduzir as emissões de gases de efeito estufa. O Redd+ representa um mecanismo de redução compensada das emissões de carbono na atmosfera. O conceito engloba as reduções por desmatamento e degradação e inclui a tarefa da conservação florestal, do manejo sustentável e do aumento dos estoques de carbono. A redução aparece, portanto, como um meio de diminuir os efeitos das mudanças climáticas.

rn

“O plano já está bem desenhado e, em breve, será levado adiante”, afirma Klink. Neste ano, devem passar a valer, ainda, os Planos Setoriais de Mitigação e Adaptação à Mudança do Clima de indústria, da mineração, de saúde e de transporte.

rn

Para serem colocadas em prática, as ações de mitigação dos efeitos das mudanças climáticas terão de estar em harmonia com a realidade de cada área do País. De acordo com Klink, existem, hoje, 18 legislações estaduais que tratam do assunto.

rn

Quanto à Amazônia, a expectativa é que, neste ano, o governo federal passe a monitorar, também, o cerrado, nos moldes do trabalho desenvolvido na Floresta Amazônica. Os bons resultados do ano passado no combate ao desmatamento da Amazônia impulsionaram, ainda, o papel do Brasil no cenário mundial.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Ambiente Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Série de vídeos mostra a verdadeira mineração do Brasil

10 de abril de 2018

A extração dos recursos naturais é uma atividade que sempre foi exercida pelo homem. É na natureza que ele busca…

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

Exportação de pelotas aumenta 14,2% de janeiro a setembro

23 de novembro de 2017

Foram exportadas 22,5 milhões de toneladas de pelotas nos nove meses deste ano A exportação de pelotas, feita pela Vale,…

LEIA MAIS