NOTÍCIAS

MMX AGUARDA LICENÇA PARA AUMENTAR EXTRAÇÃO DE FERRO EM MINAS GERAIS

29 de março de 2012

 rnO Conselho Estadual de Política Ambiental de Minas Gerais (Copam) analisa na segunda-feira o pedido de licença de instalação (LI) feito pela MMX Sudeste Mineração, do empresário Eike Batis

 

rn

O Conselho Estadual de Política Ambiental de Minas Gerais (Copam) analisa na segunda-feira o pedido de licença de instalação (LI) feito pela MMX Sudeste Mineração, do empresário Eike Batista, para ampliação da extração de minério de ferro da companhia na Serra Azul de Minas. A área é uma antiga e rica porção mineral do Quadrilátero Ferrífero, na Região Central do estado. O presidente da mineradora, Guilherme Escalhão, afirmou, ontem, durante conferência para apresentação dos resultados de 2011 a analistas do mercado financeiro, que a empresa tem condições de iniciar as obras do novo complexo em abril, se aprovado o licenciamento. 

rn

 A licença de instalação compreende a construção de unidade de beneficiamento de minério, obras de infraestrutura (pátios de produtos e resíduos), subestação de energia elétrica, linhas de transmissão de energia, terminal ferroviário, mineroduto e correias transportadoras. Retirando o projeto do papel, a MMX passará de uma produção anual de 8,7 milhões de toneladas para o ritmo de 24 milhões de toneladas por ano a partir de 2013. O financiamento do projeto não representa dificuldade para a companhia, segundo Escalhão, uma vez que a empresa já tem conversado com agências de crédito. “Tempos tempo suficiente para elaborar o processo de financiamento”, disse o executivo. 

rn

 Do orçamento total do projeto de expansão de R$ 4 bilhões, a MMX prevê o desembolso de R$ 1 bilhão neste ano. A expectativa é de obter rapidamente a aprovação do licenciamento. Técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável emitiram parecer favorável ao deferimento da LI com validade de quatro anos, desde que atendidas 19 condicionantes relacionadas à compensação ambiental. O parecer da  Superintendência Regional de Regularização Ambiental – Central Metropolitana foi consolidado em 23 de fevereiro e encaminhado ao Copam.

rn

Parte dos recursos destinados à compra de equipamentos foi orçada pela mineradora. De acordo com Escalhão, cerca de 15% do chamado Capex (sigla inglesa que define os gastos com o investimento) têm pedidos incluídos em orçamento da MMX. Outros 5% a 6% estão negociados. 

rn

Empresas têm prejuízo de R$ 1 bi

rn

 Levantamento da consultora Economática considerando a soma dos resultados financeiros do ano passado das empresas de capital aberto do Grupo EBX, de Eike Batista, indicou prejuízo de R$ 1,02 bilhão. Em 2011, só a OSX Brasil apurou lucro  líquido, de R$ 7,6 milhões. A MMX Mineração amargou resultado negativo de R$ 19,2 milhões; a LLX Logística fechou o balanço no vermelho em R$ 39,4 milhões; a MPX Energia em R$ 408,6 milhões negativos; a OGX Petróleo, em R$ 482,2 milhões; e a PortX, em R$ 78,9 milhões. 

rn

 Ainda conforme o estudo, o ano passado foi o pior para as empresas, tendo em vista o maior prejuízo que havia sido amargado de R$ 448 milhões em 2010. O exercício de 2007 foi o único em que as empresas tiveram balanços no azul, com lucro somado de R$ 825,1 milhões. Apesar dos resultados, a compra de 5,63% da EBX pelo fundo soberano de Abu Dhabi, um negócio de US$ 2 bi, fez Eike avançar duas posições no ranking de fortunas da Bloomberg. Eike é agora o 8º na lista atualizada pela agência. 

rn

 

 

Fonte: Estado de Minas

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Inscrições abertas para submissão de trabalhos na Minexcellence 2019

10 de setembro de 2018

O 4º Seminário Internacional de Excelência Operacional em Mineração (Minexcellence 2019) será realizado em Santiago, no Chile, entre os dias…

LEIA MAIS

Lei sobre segurança de barragens é sancionada, ampliando a segurança jurídica para o tema de barragens de mineração

6 de outubro de 2020

Foi publicada no último dia 01/10 a Lei nº 14.066/2020, que impõe medidas para aumento da segurança de barragens, proíbe a…

LEIA MAIS

Estão abertas inscrições para treinamento sobre Apreciação de Risco em Máquinas da Schmersal

22 de outubro de 2018

Multinacional alemã líder mundial em sistemas de segurança para máquinas industriais, a Schmersal divulga o inicio das inscrições para o…

LEIA MAIS