NOTÍCIAS

Na hidrovia do São Francisco, minério deve representar 54% da carga em 2030

20 de fevereiro de 2013

rnO investimento na modernização e ampliação das hidrovias das bacias do São Francisco e do Paraná-Tietê pode facilitar o escoamento das cadeias de minério de ferro, açúcar, soja e

rn

O investimento na modernização e ampliação das hidrovias das bacias do São Francisco e do Paraná-Tietê pode facilitar o escoamento das cadeias de minério de ferro, açúcar, soja e de produtos da indústria química. As projeções do Plano Nacional de Integração Hidroviária mostram que em 2030 os quatro produtos estarão no topo do ranking de demanda. No caso do São Francisco, o minério representará 54%, enquanto na Bacia do Paraná-Tietê os três outros somam 40% – açúcar (23%); soja (8%) e químicos (9%).

rn

O detalhamento dos dados permite aos investidores ter noção da evolução esperada pelo governo federal para cada uma das hidrovias. O vice-presidente da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), Meton Soares, avalia que a extensão dos corredores pode dobrar com a parceria, atingindo até 48 mil quilômetros e, com isso, contribuindo para reduzir o custo Brasil, uma vez que o sistema de hidrovias é tido como o mais econômico, principalmente se comparado com o rodoviário. “Não podemos ficar eternamente sobre quatro rodas”, afirma Soares. No mês que vem a CNT deve lançar uma publicação sobre as condições das hidrovias brasileiras, nos mesmos moldes da que é feita anualmente para as estradas. (PRF)

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Estado de Minas

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Vale abre inscrições para Programa Global de Trainee

10 de setembro de 2018

Estão abertas as inscrições para o Programa Global de Trainee da Vale. São 40 vagas, das quais 23 para o…

LEIA MAIS

Congresso Aço Brasil 2019 debate o futuro do setor

8 de agosto de 2019

Nos dias 20 e 21 de agosto, em Brasília, o Instituto Aço Brasil reunirá autoridades, empresários e especialistas para debater…

LEIA MAIS

Apesar de queda da cotação do ferro, receita do Brasil deve ser estável

27 de novembro de 2018

Cotação internacional do minério de ferro recuou de mais de 8% A cotação da tonelada de minério de ferro caiu…

LEIA MAIS