NOTÍCIAS

Pará Mineral

25 de julho de 2012

rnAs indústrias de mineração e transformação mineral do Pará respondem por 91% das exportações do estado, que no primeiro semestre vendeu seus produtos para 128 mercados, entre eles onze &aacute

rn

As indústrias de mineração e transformação mineral do Pará respondem por 91% das exportações do estado, que no primeiro semestre vendeu seus produtos para 128 mercados, entre eles onze árabes.

rn

São Paulo – As indústrias de mineração e transformação mineral do Pará respondem por 91% das exportações do estado, que no primeiro semestre deste ano vendeu seus produtos para 128 países, gerando uma receita de US$ 6,7 bilhões. Deste total, US$ 4,3 bilhões foram exportados pelo setor mineral. Minério de ferro, alumina e alumínio sãos os principais produtos da pauta do comércio exterior do estado. China, Japão e Alemanha são os maiores mercados da mineração paraense.

rn

De acordo com o Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), no ano passado o setor vendeu ao mundo US$ 16,8 bilhões. Com embarques de 97 milhões de toneladas e uma receita de US$ 11,7 bilhões, o ferro foi o principal produto exportado pelo estado.

rn

Árabes

rn

Entre os destinos das exportações do Pará estão 11 países árabes: Omã, Emirados Árabes Unidos, Catar, Egito, Líbano, Árabia Saudita, Líbia, Tunísia, Palestina, Iraque e Marrocos. Em 2011, por exemplo, Catar, Emirados Árabes Unidos e Bahrein ficaram entre os 12 maiores importadores da alumina calcinada produzida pelo Pará.

rn

Locomotiva

rn

Dados do Simineral mostram que o setor mineral é a locomotiva da economia paraense, tendo papel fundamental na construção de um novo ciclo de desenvolvimento do estado, seja pela contribuição direta ao PIB, ou indireta em razão dos efeitos multiplicadores de seus investimentos e pela geração de empregos.

rn

Hoje, o setor mineral emprega 232 mil pessoas e até 2016 cerca de 113 mil novos postos de trabalho serão criados em consequência dos novos investimentos que serão feitos nesse período. O 1º Anuário Mineral do Estado do Pará, organizado pelo Simineral, mostra que nos próximos quatros anos US$ 41 bilhões serão investidos na cadeia produtiva mineral do estado.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Anba РṢo Paulo/SP

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Desafio MinerALL traz propostas de negócios a partir do aproveitamento do rejeito da mineração

17 de dezembro de 2018

Uma solução de negócio que propõe a pavimentação de baixo custo foi a vencedora do Desafio MinerALL, iniciativa que tem…

LEIA MAIS

Belo Horizonte receberá seminário sobre Barragens de Rejeitos

22 de outubro de 2018

As barragens de rejeito estarão em foco na segunda edição do Seminário UK-Brazil Mining Forum. O evento será realizado em Belo…

LEIA MAIS

Apesar de queda da cotação do ferro, receita do Brasil deve ser estável

27 de novembro de 2018

Cotação internacional do minério de ferro recuou de mais de 8% A cotação da tonelada de minério de ferro caiu…

LEIA MAIS