NOTÍCIAS

Paracatu recebe projeto trilhar que promove aulas de tênis para escolas públicas

23 de agosto de 2017

Essas aulas fazem parte do “Trilhar”, projeto apoiado pela Kinross e que viabilizará que 80 alunos de 7 a 17 anos tenham acesso a esse esporte

A partir de agosto, dezenas de jovens e crianças de escolas públicas de Paracatu terão a oportunidade de ter aulas gratuitas de tênis. Essas aulas fazem parte do “Trilhar”, projeto apoiado pela Kinross e que viabilizará que 80 alunos de 7 a 17 anos tenham acesso a esse esporte. Além das aulas, o projeto inclui todo o material necessário, como raquete, bolinhas e uniforme completo, além de lanche no término de cada aula. Os alunos escolhidos são de 4 escolas públicas de Paracatu e estarão no projeto ao longo do ano de 2017.
 
O objetivo desse projeto é utilizar o esporte como instrumento de promoção de cidadania, permitindo que jovens de Paracatu conheçam e se envolvam nos benefícios não apenas à saúde, mas principalmente no lado social que o esporte oferece. É muito bom ver empresas como a Kinross apoiando o esporte e contribuindo com a disseminação desses valores”, diz Erica Moraes, fundadora do Instituto Trilhar, parceira da Kinross neste projeto.
 
Os benefícios do projeto não ficam direcionados apenas aos alunos. O professor selecionado para conduzir as aulas é o educador físico Victor André Peixoto. Para ser responsável pelo projeto, Victor passou por um treinamento em Belo Horizonte oferecido pelo Instituto Trilhar, com professores da Federação de Tênis de Minas Gerais. “O objetivo foi me capacitar para ministrar as aulas. Foi uma semana intensa de treinamento com um professor particular, onde não só aprendi algumas técnicas como a metodologia do projeto”, explica. A oportunidade viabilizou um novo direcionamento na carreira de Vitor, que já é professor de educação física, mas de outras modalidades esportivas. “É uma honra ser o professor escolhido para formar as primeiras turmas do Trilhar em Paracatu. Esse é um projeto inovador e com ele posso dar continuidade ao meu trabalho como professor, além de ajudar crianças e jovens da comunidade a se formarem cidadãos melhores”, complementa.
 
As aulas começaram na segunda semana de agosto e acontecem no Jockey Clube. A previsão é que o projeto tenha duração de um ano por turma. “A Kinross acredita no Esporte como uma ferramenta de desenvolvimento social e por isso, acreditamos que esse projeto possa trazer novas oportunidades para esses jovens, pois leva não apenas conhecimentos do esporte, mas também os preceitos de educação, inclusão, cidadania e trabalho em equipe”, afirma a gerente de Comunicação e Relações com Comunidades da Kinross, Ana Cunha.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até 13 de abril

5 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS

Cazaquistão recebe este ano o World Mining Congress

16 de abril de 2018

Com uma gama diversificada de commodities minerais, o Cazaquistão é o maior produtor mundial de urânio, o segundo maior de cromita e…

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS