NOTÍCIAS

Produção baiana de diamantes ultrapassou R$ 108 milhões em 2019

6 de março de 2020
Produção baiana de diamantes ultrapassou R$ 108 milhões em 2019
Estado é maior produtor do bem mineral do país – crédito: Acervo Lipari

A produção baiana comercializada de diamantes ultrapassou o montante de R$ 108 milhões em 2019. O estado é o maior produtor do bem mineral do país e abriga a primeira e única mina de diamantes da América do Sul, desenvolvida a partir de kimberlito – rocha matriz do diamante. A Lipari Mineração é responsável pela operação da mina Braúna, no município de Nordestina, desde 2016. Os dados constam no Informe de Mineração de Janeiro, divulgado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) nesta quinta-feira (05).

“A Bahia é o 4º maior produtor brasileiro de bens minerais. Em janeiro de 2020, a Produção Mineral Baiana Comercializada (PMBC) atingiu R$ 333,8 milhões. O ouro foi responsável por 40% de toda produção. No mesmo mês, o estado também ocupou a posição de maior produtor nacional de mais sete bens minerais: bentonita, cromo, magnesita, salgema, talco, urânio e vanádio, além do diamante”, afirma o vice-governador João Leão, secretário da pasta.

Veja a íntegra do informe neste link.

A arrecadação total da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM) no estado foi de R$ 5,2 milhões, sendo repassado aos municípios produtores 60% desse valor, R$ 3,1 milhões. As 10 cidades que mais arrecadaram em janeiro deste ano ficarão com a fatia de 79% do montante. Jacobina vem em primeiro lugar com 28%, com a produção de ouro, agregados e rocha ornamental. Barrocas (11%), Andorinha (11%), Jaguarari (7%), Brumado (5%), Juazeiro (5%), Nordestina (5%), Maracás (4%), Dias D’Ávila (2%) e Pindobaçu (1%). O restante da arrecadação ainda é dividido para os municípios afetados (15%), o Estado (15%) e entes da União (10%).

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



AngloGold Ashanti realiza simulado de emergência de barragem na comunidade de Barra Feliz

19 de novembro de 2018

Terceiro evento em Santa Bárbara mobiliza moradores. Mais de 240 se envolveram na ação, 60% do público-alvo. Próximo treinamento ocorrerá…

LEIA MAIS

Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS

Samarco: os três anos do rompimento de Fundão

5 de novembro de 2018

O rompimento da barragem de Fundão completa 3 anos. Uma realidade que faz parte da jornada da Samarco. O dia…

LEIA MAIS