NOTÍCIAS

Projeto de cobre pode render US$ 200 Mi a investidores

29 de maio de 2017

A Avanco Resources, que opera a mina de cobre Antas em Curionópolis desde o ano passado, diz que está pronta para iniciar o estudo final de viabilidade do empreendimento

Em um cenário intermediário, o projeto de cobre Pedra Branca East (PBE), no Pará, pode ter valor presente líquido de US$ 200,2 milhões depois de quase 10 anos de operações e dois de construção. Os dados constam de um estudo preliminar de viabilidade divulgado no dia 26 pela mineradora Avanco Resources, que tem uma mina em produção na região há um ano.
 
O valor presente líquido (VPL), considerando uma taxa de desconto de 7%, chega a US$ 200,2 milhões, enquanto que a taxa interna de retorno (TIR) é de 34%. O investimento inicial estimado, ou Capex antes da produção, é de US$ 158 milhões e chega a US$ 273 durante a vida útil da mina. O pay-back é de cinco anos.
 
Entre as principais premissas, estão o preço do cobre, entre US$ 2,65 e US$ 2,95 a libra-peso, a taxa de câmbio de R$ 3,20 por dólar e o custo de produção de US$ 1,30 por libra.
 
Segundo o estudo, a lavra em PBE pode chegar a 1,2 milhão de toneladas de minério por ano para a produção de 24.000 toneladas de cobre e 16.000 onças de ouro por ano. No estudo de pré-viabilidade foram considerados recursos medidos (19%), indicados (55%) e inferidos (26%). Ao longo de 11,5 anos, serão acumulados 4,4 milhões de toneladas de rejeitos.
 
Os estudos da Avanco, chamados de PFS, em inglês, dizem que o projeto Pedra Branca East podem acrescentar 24.000 toneladas à produção anual da Avanco, com a opção de produzir mais 10.000 toneladas em Pedra Branca West. "Com 14.000 toneladas de produção prevista para a mina Antas, que está em operação, isso ajuda a Avanco a realizar seu desejo de se tornar um produtor intermediário de cobre.
 
"Pedra Branca é o segundo e maior projeto da empresa. O Estudo de Pré-Viabilidade [PFS] Pedra Branca East retornou resultados positivos, proporcionando a confiança para avançar imediatamente para um estudo de viabilidade definitivo. Nossa visão é clara, ser uma média produtora de cobre, e o desenvolvimento da Pedra Branca nos levará até lá. Estou animado com os resultados e espero poder avançar o projeto", disse Tony Polglase, diretor executivo da Avanco.
 
Notícias de Mineração Brasil
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS

Simpósio Brasileiro do Diamante desperta interesse internacional

1 de outubro de 2018

O 7º Simpósio Brasileiro de Geologia do Diamante, acontecerá em Salvador, na Bahia, e está atraindo palestrantes e representantes de…

LEIA MAIS

Guia de boas práticas aborda etapas de ciclo de vida de barragens e outras estruturas de disposição de rejeitos

8 de agosto de 2019

A minuta do ‘Guia de Boas Práticas de Gestão de Barragens e Estruturas de Disposição de Rejeitos’, que está em fase…

LEIA MAIS