NOTÍCIAS

Seminário destaca importância da sustentabilidade e da segurança do trabalhador para o setor de rochas ornamentais no ES

24 de julho de 2012

rnEmpresários, represenantes do poder público e estudantes universitários estiveram presentes, na última quinta-feira (19), no VIII Seminário do Setor de Rochas Ornamentais do Espírito Santo, promov

rn

Empresários, represenantes do poder público e estudantes universitários estiveram presentes, na última quinta-feira (19), no VIII Seminário do Setor de Rochas Ornamentais do Espírito Santo, promovido pelo Sindirochas (Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Estado do Espírito Santo). O evento, realizado no Hotel Golden Tulip, em Vitória, atualizou os participantes a respeito de temas importantes para o segmento, com palestras sobre sustentabilidade, segurança e saúde do trabalhador.

rn

O presidente do Sindirochas, Emic Malacarne, destacou a importância do seminário ao reunir personagens fundamentais para o aprimoramento e para o sucesso do setor de rochas ornamentais capixaba. “Escolhemos com cuidado os palestrantes, de forma a trazer grandes nomes que possam nos guiare nos ajudar, com conhecimento e dicas importantes, a reduzir os impactos do processo produtivo do nosso segmento”, disse.

rn

O Sindirochas levou ao Espírito Santo o diretor de Assuntos Ambientais do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), Rinaldo Mancin, que falou sobre meio ambiente e mineração no setor de rochas ornamentais. Já o engenheiro de  Segurança no Trabalho e doutor em  Ciência da Saúde Paulo Rogério Albuquerque comandou uma palestra sobre os novos referenciais que devem ser seguidos pelas empresas para preservar a saúde do trabalhador. E, para provar aos participantes que boas chances de negócios podem nascer mesmoem momentos inesperados, o especialista em carreira e negócios, Mário Persona, mostrou que é possível transformar crises em oportunidades.

rn

Para o vice-governador do Espírito Santo, Givaldo Vieira, os temas abordados no seminário contribuem para fortalecer o setor, uma vez que apresenta aos  principais envolvidos nas atividades de exploração e beneficiamento de rochas ornamentais o que há de novidade para alcançar resultados cada vez melhores. “O Governo do Estado trata o segmento de forma diferenciada, afinal, as rochas ornamentais representam 7% do PIB (Produto Interno Bruto) do Espírito Santo e geram mais de 100 mil empregos, entre diretos e indiretos. Buscamos incentivos para o segmento e esperamos que a contrapartida seja o aprimoramento, com novos conhecimentos e técnicas. E esse seminário contribui para isso”, afirmou.

rn

A coordenadora de área de Licenciamento de Mineração do Iema (Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Flávia Karina Rangel de Godói, considerou que o Sindirochas, ao abordar o tema sustentabilidade, desempenhou o papel de conscientizar os empresários do setor de rochas ornamentais. “O evento foi de educação ambiental. E é muito bom saber que o sindicato se preocupa em levar essas informações a seus associados”, comentou.  

rn

 

Fonte: Sindirochas

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Votorantim Cimentos apoia projeto de resgate histórico-cultural em Corumbá (MS)

17 de dezembro de 2018

Projeto “Todo Lugar tem uma História para Contar”, do Museu da Pessoa, reuniu histórias de vida dos moradores que impulsionou…

LEIA MAIS

Centro de Tecnologia de Ferrosos da Vale completa 10 anos

15 de outubro de 2018

A Vale possui um dos mais avançados centros de pesquisas na aplicação de minério de ferro e carvão na siderurgia….

LEIA MAIS

Série de vídeos mostra a verdadeira mineração do Brasil

10 de abril de 2018

A extração dos recursos naturais é uma atividade que sempre foi exercida pelo homem. É na natureza que ele busca…

LEIA MAIS