NOTÍCIAS

Sondagem a trado confirma alto teor de cobalto em projeto da Centaurus

9 de março de 2018

A Centaurus Metals disse que a sondagem a trado realizado no projeto Itapitanga, no Parpa, confirma o alto teor de níquel e cobalto próximo da superfície. O melhor resultado foi de 6 metros com 1,28% de níquel e 0,13% de cobalto.

Outros dois resultados mostram 7 metros com 1% de níquel e 0,15% de cobalto e 9,5 metros com 1,20% níquel e 0,09% de cobalto. Foram realizados 23 furos com o trado, sendo que a mineradora já recebeu os resultados dos nove primeiros furos. A maior profundidade alcançada nessa campanha, até o momento foi de apenas 11,5 metros, sendo que a maior parte dos furos ficaram entre 5 e 7 metros.

Sete dos nove primeiros furos de trado terminaram em mineralização com alto teor de níquel e cobalto com “potencial para significativa extensão em profundidade baseada no perfil de intemperismo visto em depósitos próximos”, diz a nota divulgada hoje (8). Contudo, esse potencial somente pode ser verificado por sondagem de circulação reversa, diz a mineradora.

A Centaurus diz que essa sondagem a trado é inicial e cobre uma extensão de três quilômetros no alvo Norte e apresentou resultados com 3,07% Ni e 0,20% Co. Itapitanga fica na porção sul de uma camada mineralizada do projeto Jacaré da Anglo American, considerado de classe mundial.

Esse empreendimento tem recursos minerais da ordem de 307 milhões de toneladas (Mt) com 1,3% Ni e 0,13% Co, incluindo recursos de cobalto com alto teor de 185 Mt com 1,2% Ni e 0.18% Co, uma dos mais altos volumes de minério com esses teores no mundo.

A sondagem inicial de circulação reversa deve começar assim que a sondagem a trado termine e os ensaios sejam recebidos. A mineradora tem pedido orçamentos para empresas que fornecem esse tipo de serviço e um contrato deve ser assinado em breve.

Notícias de Mineração Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Fabio Schvartsman participa de evento corporativo em São Paulo

16 de abril de 2018

O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, participou, no dia 10 de abril, do Itaú Macro Vision, evento voltado para o…

LEIA MAIS

Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS

LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS