NOTÍCIAS

SONDAGEM DA BBX EM PROJETO NO AMAZONAS TEM OURO VISÍVEL NO TESTEMUNHO

16 de outubro de 2015

A BBX Minerals finalizou o primeiro furo de sondagem da campanha realizada no projeto de cobre e ouro Juma Leste, em Apuí (AM).

A BBX Minerals finalizou o primeiro furo de sondagem da campanha realizada no projeto de cobre e ouro Juma Leste, em Apuí (AM). A mineradora australiana identificou, na profundidade de 180,8 metros, mineralização de cobre e ouro em breccia, fragmentos irregulares de rocha tipicamente silicificados, no alvo Plato, com ouro visível no testemunho.

O nível interceptado pelo furo que apontou a mineralização foi chamado de breccia pipe 3 pela BBX e é uma das dez áreas onde há breccia que foram definidas pelo levantamento aerogeofísico realizado no alvo Plato, em Juma Leste. As informações são de comunicado ao mercado divulgado na segunda-feira (12).

De acordo com a BBX, o furo JED-001, único concluído na campanha de sondagem até o momento, “interceptou 64,9 metros de breccia e alteração argílica a partir da superfície, seguido por 55,3 metros de alteração sílica contendo ouro visível a 120,2 metros de profundidade, em contato brusco, com alteração argílica não-mineralizada e riólito”.

“A presença de ouro visível no primeiro furo de sondagem da BBX e dessa região inexplorada é extremamente empolgante e gratificante, e sustenta nossa crença de que a região pode representar uma grande província mineralizada. O breccia pipe 3 é apenas um de dez alvos similares identificados em Plato, que também é apenas um dos seis alvos regionais identificados até o momento dentro da área dos direitos controlados pela BBX em Juma Leste”, afirmou Jeff McKenzie, CEO da mineradora australiana.

A BBX informou no comunicado que a plataforma de sondagem trabalha atualmente no segundo furo, chamado de JED-002, que tem o objetivo de testar a resistividade e a anomalia do pipe 1 de breccia, que fica dois quilômetros ao norte do pipe 3, que foi testado pelo JED-001.

A mineradora australiana anunciou, em 6 de outubro, que levantou 398 mil dólares australianos, por meio de emissão privada e de um empréstimo do Drake Private Investment, para expandir a campanha de sondagem de Juma Leste.

As ações da empresa, que tiveram a negociação suspensa voluntariamente em 5 de outubro até que a captação fosse anunciada, voltaram a ser negociadas em 7 de outubro e saltaram de 0,015 dólares australianos para 0,085, hoje (15), uma alta de 466% em oito dias. O valor de mercado atual da BBX é de US$ 12,38 milhões.


Fonte: Notícias de Mineração Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Secretário de Mineração, Alexandre Vidigal, anuncia plano de ação para mineração

28 de janeiro de 2020

“A mineração é um produto muito bom. Não é propaganda enganosa”. As frases são do Secretário de Geologia, Mineração e…

LEIA MAIS

Estão abertas inscrições para treinamento sobre Apreciação de Risco em Máquinas da Schmersal

22 de outubro de 2018

Multinacional alemã líder mundial em sistemas de segurança para máquinas industriais, a Schmersal divulga o inicio das inscrições para o…

LEIA MAIS

Exportação de pelotas aumenta 14,2% de janeiro a setembro

23 de novembro de 2017

Foram exportadas 22,5 milhões de toneladas de pelotas nos nove meses deste ano A exportação de pelotas, feita pela Vale,…

LEIA MAIS