NOTÍCIAS

SONDAGEM IDENTIFICA INTERSEÇÕES DE ALTO TEOR EM MINA DE OURO DA SERABI

22 de outubro de 2015

A Serabi Gold publicou, na última quarta-feira (21), os primeiros resultados da campanha de sondagem de superfície da mina de ouro São Chico, em Tapajós, no Pará.

A Serabi Gold publicou, na última quarta-feira (21), os primeiros resultados da campanha de sondagem de superfície da mina de ouro São Chico, em Tapajós, no Pará. A mineradora identificou várias interseções de alto teor de ouro, que apontaram o potencial em profundidade do veio principal da mina, com resultados incluindo um metro com 242,68 gramas de ouro por tonelada.

A campanha de sondagem, que teve início em abril, abrange aproximadamente 5 mil metros e tem o objetivo de identificar a direção e extensão em profundidade do veio principal de São Chico, assim como alguns furos de sondagem detalhada. As informações são de comunicado enviado hoje ao mercado.

“Essa mineralização de ouro de alto teor está dominantemente hospedada em uma zona ampla e consistente de alteração com dois por oito metros, que é facilmente identificável. No entanto, as zonas com alto teor de ouro dentro dessa zona de alteração são bem menos, então, como resultado, as operações de mineração vão precisar de um desenvolvimento no filão, com intervalos regulares verticais, com amostras de trincheiras e sondagens detalhadas entre esses níveis para definir melhor o teor da mineralização de alto teor de ouro”, afirmou Mike Hodgson, CEO da Serabi.

O executivo disse que o furo mais promissor da atual campanha de sondagem, a terceira realizada em São Chico, é o 15-SC-093, “que demonstra excelente teor e o potencial de recursos continua em profundidade”, disse Hodgson. As interseções com melhores resultados interceptadas pelo furo foram de 0,65 metro com teor de 155,37 gramas por tonelada (g/t) de ouro; um metro com teor de 242 g/t de ouro; e 1,05 metro com teor de 105,18 g/t de ouro.

Os furos 15-SC-070 e 15-SC-087 também foram destacados pela Serabi, com interseções de 1,15 metro com 192,35 g/t de ouro e 0,6 metro com 90,41 g/t de ouro, respectivamente. A mineradora também ressaltou os resultados obtidos pelos furos 15-SCUD-004 e 15-SCUD-005, que interceptaram 0,75 metro com 293,7 g/t de ouro e um metro com 125,5 g/t de ouro.

A Serabi é uma empresa voltada para a avaliação e desenvolvimento de jazidas de ouro no Brasil. A mina de ouro Palito é considerada o principal ativo da mineradora e fica também em Tapajós, no Estado do Pará, envolvendo cerca de 53 mil hectares de áreas de exploração.


Fonte: Notícias de Mineração Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS

Apesar de queda da cotação do ferro, receita do Brasil deve ser estável

27 de novembro de 2018

Cotação internacional do minério de ferro recuou de mais de 8% A cotação da tonelada de minério de ferro caiu…

LEIA MAIS

Alcoa comemora 9 anos ajudando a transformar a vida das pessoas em Juruti

24 de setembro de 2018

Desde a chegada em Juruti, a empresa já investiu mais de R$ 9,5 milhões em iniciativas voluntárias em comunidades e…

LEIA MAIS