NOTÍCIAS

Térmicas de Eike Batista devem começar a gerar energia até fevereiro

17 de janeiro de 2013

rnA MPX, braço de energia da holding EBX, do empresário Eike Batista, vai inserir 680 megawatts no parque gerador de energia elétrica do Brasil até fevereiro, disse nesta quarta-feira (16) o executivo.rnEle esteve reunido

rn

A MPX, braço de energia da holding EBX, do empresário Eike Batista, vai inserir 680 megawatts no parque gerador de energia elétrica do Brasil até fevereiro, disse nesta quarta-feira (16) o executivo.

rn

Ele esteve reunido hoje com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e disse que a entrada em operação das usinas térmicas Maranhão 3 e 4 vai gerar a energia extra. Serão quatro turbinas a gás natural, duas em cada usina: metade entrará no sistema em janeiro e a outra metade, em fevereiro.

rn

“Temos vários projetos, plantas que estão entrando agora [em operação] e vão integrar o parque brasileiro para ajudar a não ter racionamento”, disse. Até o fim deste ano, serão colocadas em operação seis usinas, disse Eike, sendo três movidas a carvão mineral e as demais a gás natural –totalizando 3.000 MW de capacidade.

rn

Ele disse que as seis usinas vão demandar o investimento de R$ 9,3 bilhões –dos quais R$ 8 bilhões já foram investidos– e que o grupo EBX dispõe atualmente de mais 7.000 MW em projetos de usinas a serem licenciados, à espera de liberação do governo.

rn

CARVÃO E XISTO

rn

O executivo defendeu os projetos de geração de energia a carvão mineral que, desde 2009, tiveram os leilões suspensos. “São plantas que podem operar na base [operação ao longo de todo o ano com pausa apenas para manutenção] e a custo baixo”, disse.

rn

Eike disse também “estar de olho” na exploração do gás de xisto no Brasil. De acordo com informações do Ministério de Minas e Energia, deve haver um leilão para essa exploração ainda este ano. 

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Folha.com

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS