NOTÍCIAS

TERRAS RARAS: MBAC QUER INICIAR PRODUÇÃO NO BRASIL

4 de abril de 2012

rnA MbAC Fertilizantes deve concluir em abril deste ano pesquisas geológicas realizadas no município de Araxá (MG). A empresa identificou em determinadas áreas a presença de terras-raras, os metais utiliza

rn

A MbAC Fertilizantes deve concluir em abril deste ano pesquisas geológicas realizadas no município de Araxá (MG). A empresa identificou em determinadas áreas a presença de terras-raras, os metais utilizados em produtos tecnológicos. Em 2011, a MbAC adquiriu área de 214 hectares, cujas estimativas preliminares apontavam a presença de 2,7 milhões t de minério contido, com teor de no mínimo 6,6% de cério, lantânio e ítrio. Isto significa que a região pode ter cerca de 132 mil t desses metais. A empresa encontrou na monazita- – concentrado mineral onde se encontram os metais – quase todos os 17 elementos químicos que compõem o grupo das terras-raras, usados nas indústria de informática, automotiva, de máquinas, química e siderurgia. Com a possibilidade de produzir este metais, a empresa vai fazer requerimento de lavra junto ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). Entretanto, para produzir, a MbAC quer encontrar antes compradores, principalmente clientes asiáticos. A aposta da empresa é nos ímãs de neodímio, matérias-primas de inúmeras aplicações, principalmente em motores elétricos. Atualmente, apenas Vale, Indústrias Nucleares do Brasil (INB) e a Mineração Terras Raras detêm direito de exploração esses minerais no solo.

rn

 

Fonte: Brasil Mineral

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até esta sexta-feira

10 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS

Belo Horizonte é o terceiro mercado de coworking no Brasil

27 de novembro de 2018

Maior empresa do setor no mundo lança espaço de seis andares na cidade Terceiro maior mercado de coworkings do Brasil…

LEIA MAIS

Produção da Vale bate recorde no trimestre

20 de outubro de 2017

O complexo atingiu recorde trimestral de 45 Mt no terceiro trimestre, ao produzir 8,5% a mais do que no segundo trimestre.

LEIA MAIS